Apple vai indenizar cliente brasileiro que teve dados acessados por assaltante

Apple
Créditos: Leszek Kobusinski | iStock

A Apple deve indenizar um advogado brasileiro que teve seu iPhone levado por assaltante, tendo seus dados acessados e transferências bancárias realizadas por meio do aparelho. A decisão do 4º Juizado Especial Cível de Vitória que condenou a empresa a indenizar em R$ 5 mil o consumidor se deu no processo nº 5014565-75.2021.8.08.0024.

De acordo com o advogado Sérgio Araújo Nielsen, que atuou em causa própria,  os ladrões conseguiram mudar a senha do ID Apple e desinstalar a função de busca do aparelho.

App Store
Créditos: Leszek Kobusinski | iStock

Assim, foi possível acessar as informações de todos os aplicativos, incluindo de bancos e efetuar quatro transações que foram foram restituídas pela instituição financeira.

A Apple, por outro lado, alegou que o autor não teria feito os procedimentos de segurança recomendados.

O projeto de sentença foi elaborado pela juíza leiga Laíra Riani Britto e homologado pelo juiz Paulo Abiguenem Abib, que entenderam ter ficado demonstrada a fragilidade do sistema do aparelho e a responsabilidade da empresa pelo vício de fabricação. “Jamais poderia se admitir que terceiros sem esses dados conseguissem acessar o aparelho”, diz a decisão.

São Paulo tem novo escritório de Direito Empresarial
Créditos: sebboy12 / Shutterstock.com

Com informações do Conjur.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA