Justiça autoriza recuperação judicial de grupo econômico de educação

Recuperação judicial
Imagem meramente ilustrativa – Créditos: juststock / iStock

Foi autorizado pela juíza substituta da Vara de Falências, Recuperações Judiciais, Insolvência Civil e Litígios Empresariais do Distrito Federal o processamento da recuperação judicial do grupo econômico de educação Fortium, formado pelas empresas FORTIUM – Editora e Treinamento LTDA e Faculdade Evangélica de Taguatinga Ltda – ME.

As próprias empresas entraram com o pedido de recuperação judicial alegando estar em uma situação de crise econômico financeira e que preencheriam os requisitos legais exigidos para a concessão do beneficio.

Recuperação Judicial
Créditos: Supitnan Pimpisarn / iStock

A juíza, Bianca Fernandes Pieratti confirmou que o pedido atende as exigências da Lei de Falência e Recuperação de Empresas e que as empresas apresentaram a documentação necessária.

Assim, deferiu o processamento da recuperação judicial do grupo Fortium, nomeou administradora judicial e determinou a suspensão de todas as ações ou execuções contra as referidas empresas, ressalvadas as hipóteses previstas na Lei de Recuperações e Falências, entre outras providencias.

Reserva de honorários
Créditos: Psisa | iStock

As empresas terão o prazo de 60 dias, contados da publicação da decisão, para apresentarem os planos de recuperação judicial, nos termos do art. 53 e 54 da Lei 11.101/05.

Com informações do Tribunal de Justiça de São Paulo.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000