Segundo FGV maioria dos cursos de direito não aprova nem 30% dos alunos na OAB

matérias obrigatórias
Créditos: William_Potter | iStock

Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgados pela Folha de São Paulo, nove em cada dez instituições que oferecem o curso de direito no país, aprovam menos de 30% dos seus alunos no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo a Folha, os dados foram tabulados considerando a porcentagem de aprovados no exame da OAB em relação aos presentes nas provas em três anos (de 2017 a 2019).

Foram avaliadas, 790 instituições de ensino superior que têm curso de direito. O que representa todas as escolas ativas do país com pelo menos 50 presentes ao ano nos exames da ordem (que não tenham zerado na prova). Na maioria delas (679), menos de 30% dos alunos e ex-alunos que fizeram o exame tiveram nota suficiente para passar na prova.

PUC-RS Online - Cursos
Créditos: fizkes / iStock

Um número ainda menor de escolas –5,4% das instituições avaliadas– consegue aprovar pelo menos metade dos seus alunos no exame da OAB. Em 1º lugar nacional está a FGV Direito Rio (Escola de Direito do Rio de Janeiro) com 79,33% de aprovados, seguida pela USP (73,64%) e pela UFMG (73,10%).

A Folha avaliou as instituições de ensino superior que oferecem direito a partir do seu cadastro no MEC. O curso de direito da líder nacional em aprovação na OAB, FGV Direito Rio, nasceu há menos de 20 anos e tem buscado inovar, com turmas em período integral, com base em projetos e com grande apelo internacional a grade ampla traz disciplinas em inglês e linguagem de programação, além disso os alunos são estimulados a fazer intercâmbio.

Biblioteca - Curso de Direito
Biblioteca de Faculdade de Direito – Créditos: juststock / iStock

Para o diretor do curso da FGV Direito Rio, Sérgio Guerra, além de uma grade ampla e inovadora, a explicação para o bom desempenho no exame está na proximidade entre professores e alunos –”que têm nome e sobrenome”. Segundo ele, as turmas de direito chegam a ter centenas de estudantes, o que dificulta interações com docentes e mentorias mais personalizadas.

No caso de escolas com mais de um curso ou com graduação em mais de um campus, foi feita uma média da aprovação na OAB de todos os alunos daquela instituição. Apenas no caso da USP – que oferece o curso de direito no Largo de São Francisco (em São Paulo) e em Ribeirão Preto (330 km da capital paulista)–, foi feita uma análise específica das taxas de aprovação na OAB em cada campus.

De acordo com a avaliação da Folha, se fosse uma escola independente, a USP de Ribeirão Preto seria líder nacional com 79,88% de aprovados no exame da ordem. Assim como a FGV Direito Rio, a graduação USP do interior de São Paulo é em período integral e tem abordagem multidisciplinar, com disciplinas que vão além da área jurídica.

Essa é a segunda vez que a Folha avalia a porcentagem de aprovação na OAB dos cursos de direito oferecidos no país, considerando o percentual de aprovados finais no exame. A primeira análise foi publicada no RUF – Ranking Universitário Folha de 2019.

Com informações da Folha de São Paulo.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000