Pastor que atacou umbanda em show gospel e prefeito de município carioca são denunciados ao MP

Pastor não tem vínculo reconhecido com Igreja Mundial do Poder de Deus
Créditos: Africa Studio / Shutterstock.com

O Deputado estadual pelo Rio de Janeiro, Átila Nunes (PSD) deu hoje entrada no Ministério Público fluminense em representações contra o pastor Felipe Valadão, da Igreja Lagoinha, e contra o prefeito Marcelo Delaroli (PL). Ambos são acusados de disseminação de ódio religioso e uso de dinheiro público privilegiando uma religião para atacar outra no show pelo aniversário da cidade de Itaboraí, realizado na quinta-feira (19).

Na ação o deputado pede o ressarcimento de R$ 145 mil reais gastos no show gospel e a condenação do prefeito, com indenização no mesmo valor a ser destinado às vítimas de intolerância religiosa.

Pastores evangélicos
Créditos: Dekdoyjaidee | iStock

Em seu espetáculo, Valadão disse para avisar aos “endemoniados de Itaboraí” que “o tempo da bagunça espiritual acabou” porque “a Igreja está na rua” e completou seu show dizendo aos presentes, “prepara pra ver muito Centro de Umbanda sendo fechado na cidade”, disse o pastor à plateia. “Deus vai começar a salvar esses pais de santo que tem aqui na cidade”.

Na representação, Átila Nunes argumenta que as falas do Pastor Felippe Valadão causaram ojeriza na comunidade umbandista e de outras religiões africanas. Ele destacou que “para milhares de pessoas as religiões de matriz africana são representação de força, iluminação divina e amparo”.

Pastor que atacou umbanda em show gospel e prefeito de município carioca são denunciados ao MP | Juristas
Autor-JoasSouza
Religiosidade

No texto, o deputado sustenta que a manifestação do pastor não pode ser considerada como exercício da liberdade de expressão, “na medida em que fere o sentimento religioso de todos os praticantes das religiões de matriz africana”. Átila Nunes também denunciou Valadão à Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância.

Com informações do UOL.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira seu registro digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000.

DEIXE UMA RESPOSTA