STF derruba norma federal que extinguiu prisão disciplinar para policiais e bombeiros militares

Ricardo Lewandowski
Créditos: Reprodução / TV Justiça

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) invalidou norma federal que extinguiu a pena de prisão disciplinar no âmbito das polícias militares e dos corpos de bombeiros militares. A decisão se deu na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 6595) proposta pelo governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, para derrubar a regra, prevista na Lei 13.967/2019.

 

STF derruba norma federal que extinguiu prisão disciplinar para policiais e bombeiros militares | Juristas
Autor: simbiothy
Força policial para manter a ordem na área durante o comício

Conforme o relator, ministro Ricardo Lewandowski, compete ao chefe do Poder Executivo federal a iniciativa de projeto de lei sobre o regime jurídico dos integrantes das Forças Armadas, e não ao Poder Legislativo. Deste modo, a jurisprudência do STF é pacífica ao concluir que quando se trata do regime jurídico de militares estaduais e distritais, a iniciativa deve ser do chefe do Executivo local, por força do princípio da simetria.

De acordo com Lewandowski, os militares estaduais e distritais, à semelhança dos integrantes das Forças Armadas, se submetem a um regime jurídico diferenciado, que tem como valores estruturantes a hierarquia e a disciplina. Segundo ele, a própria Constituição Federal, “de forma clara e inequívoca”, autoriza a prisão de militares, por determinação de seus superiores hierárquicos, caso transgridam as regras do regime jurídico ao qual estão sujeitos.

Corpo de Bombeiros
Créditos: Centuryboy / iStock

Nesse sentido, o artigo 5°, inciso LXI, da Constituição Federal prevê que “ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada de autoridade judiciária competente, salvo nos casos de transgressão militar ou crime propriamente militar, definidos em lei”.

Com informações do Supremo Tribunal Federal (STF).


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira seu registro digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000.

DEIXE UMA RESPOSTA