Justiça suspende falência da Ricardo Eletro

Recuperação Judicial da Máquina de Vendas - Ricardo Eletro
Créditos: William_Potter / iStock

A 2ª Câmara Reservada de Direito Empresarial de São Paulo determinou na última sexta-feira (10) a suspensão da falência, decretada dois dias antes, da Máquina de Vendas, grupo proprietário da rede varejista Ricardo Eletro.

O juiz Leonardo Fernandes dos Santos, da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, havia decretado na quarta-feira (8), a falência da empresa ao concluir pela “inviabilidade financeira” da operação. A Máquina de Vendas entrou com um agravo de instrumento pedindo um efeito suspensivo da decisão.

Justiça suspende falência da Ricardo Eletro | Juristas
Créditos: Reprodução

O desembargador Maurício Pessoa, relator do caso, entendeu que a manutenção da quebra poderia “gerar danos irreversíveis”. Segundo o magistrado, deve-se prosseguir com a recuperação judicial no que possível, “especialmente com a fiscalização e o acompanhamento, pela administradora judicial durante o processamento deste recurso”.

A suspensão é válida até o julgamento do recurso pelo colegiado em segunda instância.

Com informações de Folha e G1.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira seu registro digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000.

DEIXE UMA RESPOSTA