Google é multado por violar lei russa sobre armazenamento de dados

Google é investigado por comissária da UE por práticas anticompetitivas
Créditos: ymgerman | iStock

A Justiça da Rússia multou na quinta-feira (16) o Google em 15 milhões de rublos (cerca de R$ 1,3 milhões) por se recusar repetidamente a aceitar termos que poderiam violar a privacidade de seus usuários ao armazenar dados de usuários em servidores localizados no país, conforme exigido pela legislação nacional. A informação é da agência de notícias russa “Interfax”

O Roskomnadzor, órgão regulador de comunicações da Rússia, informou que cerca de 600 empresas estrangeiras com atuação na Rússia, incluindo Apple, Microsoft e Samsung, cumprem atualmente as exigências da legislação para armazenar dados locais em servidores russos.

Google será investigada por cinquenta estados e territórios dos EUA
Créditos: inbj | iStock

As empresas ou serviços que se recusarem a cumprir esta exigência poderão enfrentar o destino da rede social LinkedIn, que foi bloqueada em 2016, a pedido do Roskomnadzor.

A Justiça russa já havia multado o Google em outras ocasiões sob a alegação de publicar “informações falsas” sobre a guerra na Ucrânia, em particular notícias sobre o número de vítimas civis em zonas de combate.

Com informações do UOL.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira seu registro digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000.

DEIXE UMA RESPOSTA