Justiça brasileira diz ter feito 1º mandado de busca e apreensão no metaverso

Justiça brasileira diz ter feito 1º mandado de busca e apreensão no metaverso | Juristas
Autor-iamprotae-_Depositphotos_378586528_S-Realidade-virtual-Tecnologia-Metaverso

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) anunciou na última quarta-feira (29), que realizou a primeira operação de busca e apreensão no metaverso, com objetivo de combater a pirataria digital. Conforme revelou o Uol Tilt, a ação aconteceu no âmbito da quarta edição da Operação 404, que também visa enfrentar crimes contra propriedade intelectual.

Ocorrida no dia 21 de junho, a justiça prendeu 11 pessoas em quatro Estados brasileiros. Ao todo, 266 sites ilegais foram removidos no Brasil, 53 no Reino Unido e seis nos Estados Unidos, além de 700 aplicativos de streaming e 461 aplicativos de música.

De acordo com nota do MJSP, os usuários – identificados pelo apoio do Laboratório de Operações Cibernéticas, o CiberLab (Seopi/MJSP) – construíram um mapa para uma plataforma específica do metaverso, onde criavam palcos e eventos, com transmissão de música, ato que violava os direitos autorais. Perfis de redes sociais que convidavam para os eventos também foram suspensos.

“O prejuízo causado pelos crimes é de R$ 366 milhões por ano”, disse o delegado Alessandro Barreto, coordenador do CiberLab, ao UOL. “Os autores podem ser indiciados por associação criminosa e lavagem de dinheiro, e a pena para quem pratica este tipo de crime é de dois a quatro anos de prisão e multa.”

Como o processo corre em segredo de Justiça, a ação não tem mais detalhes da apreensão inédita no metaverso.

Com informações do UOL.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira seu registro digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000.

DEIXE UMA RESPOSTA