Capitão da Marinha acusado de matar pais do ex-namorado vira réu em ação e tem prisão mantida

JT firma acordo com Marinha para desenvolver software para consulta e penhora de embarcações
Créditos: A.RICARDO / Shutterstock.com

O juiz Alexandre Abrahão, titular do 3º Tribunal do Júri da Capital, aceitou nesta sexta-feira (8) a denúncia do Ministério Público estadual contra capitão da Marinha Cristiano da Silva Lacerda.

Ele é acusado de matar a facadas Geraldo Pereira Coelho e Osélia da Silva Coelho, pais do seu ex-namorado, Felipe da Silva Coelho. O crime ocorreu na noite do dia 24 de junho, no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio de Janeiro.

STF afasta prisão de acusados presos há sete anos sem julgamento pelo Júri
Créditos: phoelixDE / shutterstock.com

O acusado vai responder à ação penal pelos homicídios triplamente qualificados. Segundo a denúncia, o oficial da Marinha matou as vítimas por meio cruel, desferindo-lhes elevado número de facadas. As vítimas foram surpreendidas quando estavam deitadas no sofá-cama, não tendo qualquer chance de defesa. O crime se deu por vingança, pois o acusado, inconformado com o fim do relacionamento amoroso que mantinha com o filho das vítimas, quis lhe causar intenso sofrimento assassinando seus pais, ambos idosos.

Em sua decisão, o juiz destaca que “a denúncia expôs, com clareza, os fatos criminosos e todas as suas circunstâncias, havendo, portanto, justa causa para a admissão da acusação”. O magistrado decidiu ainda manter a prisão preventiva de Cristiano, decretada durante a audiência de custódia realizada no dia 26 de junho.

Daltonismo é causa de eliminação em concurso para praça da Marinha
Créditos: Billion Photos / Shutterstock.com

“A prisão, tal como lá externado, faz-se necessária ante a ótica concreta de lesão a garantia da ordem pública, especialmente em razão da manutenção do bem-estar das testemunhas que, futuramente, naturalmente serão ouvidas na presente relação processual. Destarte, vê-se aqui o ‘perigo gerado pelo estado de liberdade do imputado’".

Com informações do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ).


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira seu registro digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000.

DEIXE UMA RESPOSTA