TRF1 suspende pagamento de precatórios para usinas sucroenergéticas

precatórios
Créditos: utah778 / iStock

O pagamento de R$ 18,3 bilhões em precatórios devidos pela União a usinas sucroenergéticas foi suspenso pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) a pedido da Advocacia-Geral da União (AGU). A decisão do desembargador José Amílcar Machado, envolve processos relativos a nove usinas. As informações são do jornal Valor Econômico.

Para voltar a receber, as companhias precisarão passar por uma série de perícias e os valores devem ser recalculados.

juiz
Créditos: psisa | iStock

De acordo com o TRF1, isso é necessário porque um procedimento de expedição irregular dispensou a perícia, considerada necessária desde 2020. As ações judiciais se referem à reparação dos prejuízos sofridos pelas empresas com a intervenção estatal nos preços da cana-de-açúcar, do açúcar e do álcool, nos anos 1980.

A responsabilidade do governo federal foi reconhecida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas o Supremo Tribunal Federal (STF) chegou a barrar pagamentos em 2020. Na ocasião, foi estabelecido que as usinas precisariam comprovar na justiça o impacto do dano.

Com informações de Valor Econômico.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira seu registro digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000.

DEIXE UMA RESPOSTA