Vivo vai indenizar cliente em R$ 5 mil por serviços de terceiros na conta

Operadora de Telefonia VivoO juiz de Direito Evandro Coelho de Lima, da 4ª vara Cível de Cachoeira de Itapemirim/ES, determinou que a Vivo indenize em R$ 5 mil cliente que teve cobrança de serviços não contratados em sua fatura. O magistrado concluiu que os valores dizem respeito a serviços de terceiros, sem informações claras sobre no que consistem tais serviços.

De acordo com os autos do processo (5003961-94.2021.8.08.0011), a cliente alegou ter contratado plano de telefonia móvel com a empresa Telefônica/Vivo, todavia, em suas faturas ocorreram a cobrança de serviços de terceiros denominados "Serviços de Telefônica Brasil".

Para o juiz, "não importa se houve o desmembramento dos serviços, para adequá-los ao objeto social da requerida. É que a ilegalidade, pela simples ausência da transparência, já se perfez."

não contratado
Créditos: Monthira Yodtiwong

Conforme anotou em sua decisão, "na conta telefônica, a requerida deveria informar ao consumidor no que consistem os serviços cobrados. A pensar de modo contrario, apresenta-se carta branca ao fornecedor para cobrar por qualquer dos planos existentes no regulamento, sem que o consumidor seja informado, com clareza, por qual plano, ou por qual serviço especifico, está pagando. Em outras palavras, nos termos da lei, a informação tem de ser adequada e clara".

contrato de telefonia
Créditos: Pinkypills / iStock

No entendimento do juiz, é dever da empresa a comprovação da regularidade da prestação dos serviços nos termos do contrato, bem como da efetiva contratação pela consumidora, o que não ocorreu. Nesse sentido, concluiu que houve má-fé da operadora, uma vez que ela não esclareceu detalhadamente os termos da cobrança.

Com informações de Convergência Digital.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira seu registro digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000.

DEIXE UMA RESPOSTA