Condenado a 10 anos de prisão acusado de tentativa de homicídio

11
Polícia Militar - Disparo - Arma de Fogo - Ponte Serrada - Santa Catarina
Imagem Meramente Ilustrativa – Créditos: sko / iStock.com

Na última terça-feira (10), o Tribunal do Júri de Brasília, condenou a 10 anos de reclusão em regime inicial fechado, Tiago Rodrigues Moreira, por tentativa de homicídio com disparo de arma de fogo, após discussão envolvendo drogas.

Para o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – MPDFT, o crime praticado por motivo torpe, aconteceu em retaliação por desentendimentos envolvendo a divisão de drogas. De acordo com os autos, o acusado efetuou disparo de arma de fogo contra a vítima e lhe acertou o pescoço. O ofendido estava em uma praça pública na companhia de sua namorada, quando o acusado chegou de surpresa e efetuou o disparo. Após disparar contra a vítima, o acusado ainda efetuou dois disparos de arma de fogo para o alto.

Os jurados acolheram a denúncia do MPDFT. Sendo assim, o juiz presidente do Júri declarou o réu condenado por tentativa de homicídio qualificado, na forma do art. 121, $2º, inc. II e IV, c/c art. 14, inc. II, ambos do Código Penal, e art. 15 da Lei 10.826/03.

DEIXE UMA RESPOSTA