Coletânea homenageia os dez anos de atuação do ministro Moura Ribeiro no STJ

Data:

Coletânea homenageia os dez anos de atuação do ministro Moura Ribeiro no STJ | Juristas
Lançamento do livro "Liber Amicorum: uma homenagem aos dez anos do ministro Moura Ribeiro no STJ", no Espaço Cultural STJ. Créditos: Emerson Leal/STJ

Na terça-feira (26), o lançamento do livro "Liber Amicorum: uma homenagem aos dez anos do ministro Paulo Dias de Moura Ribeiro no STJ" ocorreu no Espaço Cultural do Superior Tribunal de Justiça. Esta obra consiste em uma compilação de 51 artigos escritos por 82 autores notáveis, incluindo ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) como Luiz Fux e Dias Toffoli, bem como ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) como Nancy Andrighi, João Otávio de Noronha, Humberto Martins, Mauro Campbell Marques, Antonio Carlos Ferreira, Ricardo Villas Bôas Cueva, Sebastião Reis Junior, Assusete Magalhães, Rogerio Schietti Cruz, Reynaldo Soares da Fonseca, Ribeiro Dantas e o ministro aposentado Nefi Cordeiro.

Paulo Dias de Moura Ribeiro, que completou uma década no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 28 de agosto, destacou a significativa contribuição de renomados especialistas do direito na coletânea. Ele também fez menção aos "anjos da guarda" que o acompanharam ao longo de sua carreira, que abrange mais de 40 anos de atuação na magistratura. "Não posso esconder a alegria de ver tantos amigos aqui presentes em um momento tão especial da minha vida. Ser homenageado por 82 pessoas que escrevem esta obra é um momento que não dá para esquecer. Jamais imaginei chegar a um ponto como este, extremamente agradável ao coração de qualquer pessoa", agradeceu o ministro.

Coletânea homenageia os dez anos de atuação do ministro Moura Ribeiro no STJ | Juristas
_Lançamento do livro "Liber Amicorum: uma homenagem aos dez anos do ministro Moura Ribeiro no STJ", no Espaço Cultural STJ.
Créditos: Emerson Leal/STJ

A coletânea é uma celebração da trajetória do ministro, que é conhecido no meio jurídico por seu olhar humanitário evidenciado em suas sentenças. Esse enfoque humanitário lhe rendeu a indicação ao Prêmio Nobel da Paz em 2020. Os organizadores da obra são Daniella Gheler Zampietro e Juliana Garcia Grubba, e o prefácio é assinado pela desembargadora Maria Olívia Pinto Esteves Alves, que também é esposa do ministro homenageado. A coordenação do livro é de responsabilidade de Aline Gomes Caselato, Eronides A. R. Santos, Felipe Herdem Lima e Wilson Furtado Roberto.

"Esta obra celebra dez anos de uma jornada extraordinária, vivida no STJ, por este homem cuja paixão pelo direito e pela Justiça é evidente e inspira a todos nós, operadores da área jurídica. Ler os artigos expostos neste trabalho é uma oportunidade de viajar por ideias permeadas por conhecimento jurídico e humanitário", afirmou a desembargadora.

Elevada capacidade intelectual

Também compuseram a mesa do evento a presidente do STJ e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministra Maria Thereza de Assis Moura; o chanceler da Universidade Santo Amaro, Victor Veronezi; o professor Felipe Herdem Lima e o advogado Wilson Furtado.

Ao falar sobre o colega homenageado, o ministro Humberto Martins destacou como suas qualidades o "cavalheirismo" e a "elevada capacidade intelectual". Ele classificou o livro como "uma obra notável, que servirá de roteiro para magistrados e operadores do direito".

O chanceler da Universidade Santo Amaro, Victor Veronezi, enalteceu a preocupação de Moura Ribeiro – que também é professor – com os estudantes e a sua importância como jurista. "Conviver com Paulo Dias de Moura Ribeiro é aprender que conviver em sociedade é a mãe de todos os conflitos, e o papel do Judiciário é conter os seus exageros", concluiu.

Os textos do livro, de mais de 900 páginas, são inspirados em decisões paradigmáticas do ministro Moura Ribeiro em diversas áreas do direito: empresarial, autoral, cível, penal, do consumidor, da família e direitos humanos.

Sair do caminho comum

"Prestar homenagem a Moura Ribeiro é uma provocação a abandonar a estrada percorrida, a sair do caminho comum e percorrer diversos caminhos ao mesmo tempo. Os trabalhos do livro são uma ode à virtude do refinamento intelectual", afirmou um dos coordenadores da obra, Eronides Santos.

Para Daniella Zampietro, organizar esse trabalho foi uma experiência muito especial, principalmente pelo fato de ser assessora do magistrado desde a época em que ele foi desembargador no TJSP. "Acompanhei toda a sua trajetória. Suas decisões ecoam um olhar humanista, o cuidado e o zelo com o direito postulado em juízo e a preocupação com os efeitos práticos de suas sentenças. Um juiz de carreira com uma visão humanista e sempre à frente do seu tempo, que ouve com o coração", ressaltou.

Coletânea homenageia os dez anos de atuação do ministro Moura Ribeiro no STJ | Juristas
O ministro Moura Ribeiro com o advogado, pesquisador e criador do Portal Juristas, Wilson Roberto, no lançamento do livro "Liber Amicorum: uma homenagem aos dez anos do ministro Moura Ribeiro no STJ", no Espaço Cultural STJ.

Natural de Santos (SP), o ministro Moura Ribeiro integra o STJ desde 2013. Atualmente, compõe a Segunda Seção, a Terceira Turma e a Comissão de Regimento Interno. Mestre e doutor em Direito das Relações Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), é autor de diversos livros e artigos e leciona em cursos de graduação e pós-graduação em direito, em São Paulo e Brasília.

Estiveram presentes no lançamento, também, os ministros do STJ João Otávio de Noronha, Humberto Martins, Herman Benjamin, Benedito Gonçalves, Raul Araújo, Sebastião Reis Junior, Assusete Magalhães, Sérgio Kukina,  Regina Helena Costa, Gurgel de Faria, Marco Buzzi, Rogerio Schietti Cruz, Ribeiro Dantas, Antonio Saldanha Palheiro, Messod Azulay Neto e Paulo Sérgio Domingues; os ministros aposentados do STJ Aldir Passarinho Junior, Jorge Mussi e Nilson Naves; os ministro do STF Nunes Marques e Ricardo Lewandowski (aposentado); e o conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Richard Pae Kim.

Com informações do Superior Tribunal de Justiça (STJ).


Você sabia que o Portal Juristas está no FacebookTwitterInstagramTelegramWhatsAppGoogle News e Linkedin? Siga-nos!

Ricardo Krusty
Ricardo Krusty
Comunicador social com formação em jornalismo e radialismo, pós-graduado em cinema pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Portal Juristas possui Dicionário Jurídico com Mais de 4 Mil Verbetes: Ferramenta Essencial para Operadores do Direito

Em um avanço significativo para a comunidade jurídica, o Portal Juristas anunciou que seu dicionário jurídico agora conta com mais de 4 mil verbetes. Esta expansão torna a ferramenta uma das mais completas e indispensáveis para advogados, juízes, promotores e todos os profissionais envolvidos no universo do direito.

5ª Edição do International Insolvency Law Conference: um encontro de destaques no campo jurídico internacional

Estão oficialmente abertas as inscrições para a 5ª Edição do International Insolvency Law Conference, um evento imperdível que reunirá profissionais e pesquisadores de destaque no campo da insolvência empresarial. Marcado para os dias 7 e 9 de março, este congresso promete ser um ponto de convergência para diálogos significativos e análises profundas sobre temas cruciais relacionados à recuperação judicial, recuperação extrajudicial e falência, tanto em âmbito nacional quanto internacional.

Dono de imóvel no RN será indenizado por concessionária de energia após danos causados em imóvel após troca de poste

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) e uma empresa contratada por esta foram condenadas a indenizar um consumidor em R$ 25 mil por danos materiais causados durante a troca de postes no município de Caicó-RN. A decisão da 2ª Vara da comarca também determinou o pagamento de R$ 10 mil por danos morais ao proprietário do imóvel, com juros e correção monetária, pela concessionária de energia. Além disso, foi autorizado o levantamento de R$ 2.700,00 em aluguéis.

Procon-SP notifica Uber para explicar política de preços

O Procon-SP emitiu uma notificação nesta sexta-feira (23) para o aplicativo de transporte Uber, solicitando explicações sobre sua política de preços, conhecida como tarifa dinâmica. Nesse sistema, o valor das corridas pode variar com base na demanda, o que pode impactar especialmente em dias com problemas no transporte público, como interrupções no metrô.