Justiça condena adolescentes envolvidos em estupro em escola na PB

271

Menores são suspeitos de estupro de vulnerável em colégio particular de João Pessoa (PB)

A Justiça condenou os quatro adolescentes envolvidos em um estupro numa escola da Paraíba. A sentença é do juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude em João Pessoa, Luiz Augusto Souto Cantalice, e diz respeito ao caso GEO. As informações são do portal MaisPB.

Importunação sexual - estupro coletivo
Créditos: Andrey Popov | iStock

Os quatro jovens foram considerados culpados por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável. Eles serão internados e reavaliados em até seis meses. Um dos menores segue foragido.

O advogado de defesa de dois dos quatro adolescentes, Aécio Farias, afirmou que irá recorrer da sentença. “Não havia qualquer prova para condenação. Além do mais, o processo está cheio de nulidades”, disse.

Sobre o caso

O processo corre desde maio de 2018 em segredo de justiça, quando uma criança de 8 anos afirmou ter sido estuprada dentro do colégio particular da capital paraibana. Três adolescentes foram apreendidos e um zelador suspeito de participar do crime foi preso. Outros casos de estupro passaram a ser apurados ao longo da investigação.

DEIXE UMA RESPOSTA