Mulher é presa por fazer 150 exames de direção para outras pessoas

Mulher suspeita de receber R$ 4 mi em benefícios de morto é presa
Créditos: napatcha | iStock

Uma mulher da cidade de Llanelli, no País de Gales, foi condenada a oito meses de prisão por fazer 150 exames teóricos e práticos de direção no lugar de outras pessoas.

Segundo a polícia, Inderjeet Kaur, de 29 anos, fazia testes para pessoas que tinham dificuldade com a língua inglesa. Após receber alertas de um centro de exames de direção, a polícia passou a investigar.

Kaur, admitiu ter cometido as fraudes entre 2018 e 2020. fazia os testes nas cidades galesas de Swansea e Carmarthen, além de Birmingham e Londres, na Inglaterra.

empresa de ônibus Saritur
Créditos: simpson33 / iStock

A polícia disse que os crimes de Kaur foram motivados por dinheiro. Fraudes como essas "representam riscos significativos" para o público em geral, acrescentou a polícia.

Caroline Hicks, da agência de normas de trânsito, disse que as habilitações obtidas de forma fraudulenta podem ser invalidadas.

Ela acrescentou: "Os exames servem para garantir que as pessoas tenham conhecimento, habilidade e a atitude correta para dirigir em nossas estradas. Fraudar testes coloca vidas em perigo."

Com informações do UOL.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira seu registro digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000.

 

DEIXE UMA RESPOSTA