segunda-feira, maio 27, 2019

Como blindar Facebook e Instagram contra o Bullying

Este tópico contém resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Juliana Ferreira 1 mês, 1 semana atrás.

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #155688

    A internet é um lugar onde o bullying é disseminado com muita facilidade. Os especialistas em tecnologia de empresas e redes sociais têm muito trabalho tentando prevenir tais situações. Contudo, há meios de como “blindar” o Facebook e Instagram contra os ataques.

    Veja como:

    Filtro de comentários ofensivos:
     
    O Instagram tem uma funcionalidade pouco conhecida em que um usuário pode cadastrar palavras-chave para filtrar comentários ofensivos em sua conta na redes social. Ele está disponível para qualquer tipo de conta, não importando o número de seguidores. “O filtro já vem ativado automaticamente para palavras consideradas sensíveis pelos analistas do Instagram”, fala Natalia Paiva, gerente de políticas públicas do Instagram na América Latina.
     
    Monitoramento e denúncia de hashtags sensíveis:
     
    No Instagram,há ainda o monitoramento de palavras-chaves consideradas sensíveis. “Você pode, inclusive, denunciar uma hashtag que pode estar sendo usada para agredir uma pessoa”, diz Natalia Paiva. “E caso uma pessoa busque um termo sensível, como ansiedade ou relacionada a suicídio, o Instagram manda um alerta oferecendo ajuda e o contato do CVV (Centro de Valorização da Vida).”.
     
    Denúncia de bullying
     
    Publicações, comentários e mensagens diretas considerados ofensivos podem ser denunciadas tanto no Facebook como no Instagram. Em ambos os sites, o botão, no entanto, fica “escondido” na função de denunciar e dar feedback sobre uma publicação. As duas redes sociais verificam os posts reportados em até 24 horas. O relatório é feito por um time global de 30 mil pessoas contratadas para analisar as denúncias. “Como é necessário entender o contexto de termos usados em um post de bullying, os analistas precisam falar várias línguas diferentes e entender a cultura dos lugares”. Caso um mesmo perfil receba muitas denúncias, ele pode ser bloqueado e banido das redes sociais.

    Com informações do Universa.
Visualizando 1 post (de 1 do total)