Mais de R$ 25 milhões são arrecadados em leilão da massa falida do Banco Santos

13
Inscrição de imóvel realizada indevidamente em leilão gera indenização ao proprietário
Créditos: volodyar / Shutterstock.com

Determinado pela 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo – TJSP, o leilão de arte da massa falida do Banco Santos, arrecadou, em 10 dias, R$ 25,2 milhões. Dos 1.910 itens leiloados, 1.493 foram arrematados.

Os recursos, segundo o juiz Paulo Furtado de Oliveira Filho, da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais, serão utilizados para pagamento em favor dos credores. “Nesse processo, já foi feito o pagamento de mais de 1,8 bilhão em favor dos credores”, destacou.

O ponto alto do leilão foi o arremate da tela “The Foundling #6”, do norte-americano Frank Stella, que alcançou R$ 4,2 milhões, seguido pela obra “Muro”, do carioca Cildo Meireles, vendida por R$ 1,35 milhões – mais de 67 vezes o valor do lance inicial, de R$ 20 mil – e pelo esboço do quadro “Operários”, de Tarsila do Amaral, arrematado por R$ 1,2 milhão.

A 2ª praça do leilão, com os 417 itens remanescentes, será realizada entre os dias 13 e 14 de outubro no site www.leilaodearte.com. Os lances mínimos serão de 60% do valor da avaliação judicial de cada item.

Com informações do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo – TJSP.

DEIXE UMA RESPOSTA