Decretada falência da boate Love Story

Falência da empresa Telexfree
Créditos: artisteer / iStock

Na quarta-feira (10), o juiz Marcelo Barbosa Sacramone, da 2ª Vara de Recuperação Judicial e Falências de São Paulo, assinou o decreto sentenciando a falência da boate Love Story. A danceteria é uma das mais tradicionais da capital paulista. Localizada na Rua Araújo, 232, em frente ao Edifício Copan.

Ícone da boemia paulistana, “A Casa de todas as Casas” como era chamada, foi fundada em 1990 e enfrentava problemas financeiros, que foram agravados pela pandemia da covid-19.

A boate havia entrado com pedido de recuperação judicial em agosto de 2018, quando a dívida era de R$ 1,7 milhão. Com a impossibilidade de funcionar por conta da pandemia de covid-19, a Love Story descumpriu o plano de recuperação, o que resultou no decreto de falência.

O advogado Marcelo Hajaj Merlino, que protocolou o pedido de recuperação há três anos, ponderou que a situação da Love Story é, na verdade, geracional, porque “os jovens de hoje não gostam mais de frequentar boates”.

Na decisão, o magistrado destacou a falta de perspectiva de retomada das atividades da Love Story e afirmou que a boate já havia deixado de pagar credores em 2019, o que considerou “absoluto descaso”. “O administrador judicial destaca que sequer a documentação vinha sendo apresentada. Não há apresentação de informações sequer pela recuperanda, apesar das diversas intimações a tanto”, escreveu Marcelo Sacramone.

Com informações do UOL e G1.

DEIXE UMA RESPOSTA