Silveiro Advogados anuncia incorporação de Canterji Advocacia Criminal

Silveiro Advogados - Escritório de AdvocaciaO escritório Silveiro Advogados apresentou hoje (26) a sua nova área de Direito Criminal, fruto da incorporação do escritório Canterji Advocacia Criminal. A iniciativa soma, à equipe técnica de mais de 70 advogados, cinco especialistas em direito penal empresarial, provenientes de um dos escritórios de referência nesse campo, na Região Sul do país.

“A fusão entre Silveiro e Canterji reforça o nosso propósito de unir a tradição de um escritório de mais de 65 anos de história às mais modernas práticas da advocacia, provendo soluções completas para casos cada vez mais complexos, envolvendo múltiplos ramos do Direito”, afirma Ricardo Ranzolin, managing partner de Silveiro Advogados. “Representa, ainda, mais um passo importante na nossa expansão para um escritório verdadeiramente full service e com atuação nacional, preparado para as demandas atuais do mercado”.

Rafael Braude Canterji, que é professor de Direito Penal da PUCRS e conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil, complementa: Após quase duas décadas exercendo exclusivamente a advocacia criminal, sentimos a necessidade de nos adaptarmos à multidisciplinaridade das questões em escritório full service que mantém nosso padrão personalizado de atendimento. Assim, obteremos soluções mais completas, seguras e eficazes aos nossos clientes.”

Os escritórios já operam em conjunto há muitos anos. “Esta integração foi um avanço natural de uma longa e exitosa parceria, com identidade de missão, princípios e valores”, afirma Canterji. “Desde o princípio já havia ficado claro que o nosso propósito era o mesmo: propiciar segurança jurídica, gerando desenvolvimento social e econômico, num ambiente jurídico ético e pacífico.”

Com a incorporação, Silveiro Advogados, com sedes em Porto Alegre (RS) e São Paulo (SP), passa a contar com 11 áreas de atuação. A área de Direito Criminal vai oferecer advocacia consultiva (pareceres, consultas e gestão de conflitos e de crise) e contenciosa (penal e penal empresarial).

DEIXE UMA RESPOSTA