TSE deve comprar 176 mil urnas eletrônicas para Eleições 2022

votação eletrônica
Créditos: Lucas Aquino / Istock

Na última sexta-feira (15), O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) abriu uma licitação (Concorrência 01/2021) para a compra até 176 mil urnas eletrônicas. Além de produzir os equipamentos, a empresa vencedora ficará responsável pelo software básico, reposição de peças e garantia, além de outros serviços.

As empresas precisam entregar três envelopes para participar da licitação. Um deve conter os documentos que provem a habilitação da empresa para entrar no processo. O segundo precisa ter o chamado modelo de engenharia, que é um protótipo da urna eletrônica, e uma ficha técnica com especificações do equipamento. O terceiro e último traz a proposta de preços.

Justiça Eleitoral trabalha para desenvolver nova urna eletrônica, que terá o voto impresso / votação eletrônica
Créditos: dimitrius ramos /

Logo na audiência pública de abertura, a Positivo entregou os três envelopes necessários para participar do processo.  A empresa brasileira já venceu este processo em 2020, quando forneceu os equipamentos do modelo de 2020.

As urnas eletrônicas a serem produzidas são do modelo UE2022 e serão usadas para substituir equipamentos já no pleito de 2022, além de suprir a demanda por mais urnas em locais onde houve o crescimento do número de eleitores.

Com informações do Tribunal Superior Eleitoral .


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA