Justiça determina que Gol faça buscas por cadela desaparecida em aeroporto

guarda de animal de estimação
Créditos: KPGS | iStock

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) determinou, na quarta-feira (5), que a companhia aérea Gol contrate um serviço de buscas para encontrar uma cadela desaparecida desde o dia 15/12. A informação é do portal Metrópoles.

A cachorrinha de nome Pandora, escapou da caixa de transporte durante uma conexão no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. O animal e o tutor, Reinaldo Junior, saíram de Recife (Pernambuco) em um voo da Gol e tinham como destino a cidade de Navegantes (Santa Catarina).

Gol Linhas Aéreas
Créditos: Tarcisio Schnaider / iStock

A liminar prevê que a Gol seja responsável pelo pagamento da hospedagem e alimentação do tutor de Pandora durante o período de buscas em Guarulhos e determina também que o Aeroporto de Guarulhos pague multa R$ 5 mil caso não autorize a entrada de Reinaldo Junior e da equipe para atividades de busca.

A Gol informou ter contratado duas empresas especializadas no rastreamento profissional de animais de estimação desaparecidos e afirmou que custeou as despesas de hospedagem, alimentação e transporte para Reinaldo e sua companheira desde 15/12. Segundo a empresa, esse amparo vai continuar por mais 30 dias, contando a partir de 5/1.

Com informações do portal Metrópoles.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA