Delegado de Polícia: escritor das histórias da vida em sociedade

Data:

Delegado de Polícia: escritor das histórias da vida em sociedade | Juristas
Mário Leite de Barros Filho é delegado de Polícia aposentado

Recentemente, ao refletir sobre a atividade exercida pelos delegados de Polícia, cheguei à conclusão de que a profissão transforma esses profissionais, espontaneamente, em verdadeiros escritores da vida em sociedade, ao registrarem os vários aspectos da existência humana ao longo de suas carreiras.

Por meio de inquéritos policiais e Boletins de Ocorrências (B.O.s), delegados criam uma espécie de enciclopédia viva de tudo o que lhes cercam, retratando, com sensibilidade e emoção, a história de uma época, capturando os eventos que chegam ao conhecimento desses autores anônimos.

Aos poucos, conforme a natureza da ocorrência apresentada às autoridades policiais, o livro se transforma, vai ganhando forma, contornos, com a ajuda dos valorosos escrivães e investigadores de Polícia, numa verdadeira obra de ação, aventura, drama, comédia, romance, terror ou, até mesmo, de ficção científica.

Realmente, o enredo dos eventos delituosos revela os diversos gêneros literários: desde a perseguição a criminosos perigosos, ao terrível crime de homicídio; do suspense do delito de sequestro, à atividade de inteligência artificial ao desvendar casos intrincados. Vale ressaltar, ainda, a emoção do encontro de uma pessoa desaparecida.

Nessas narrativas estão presentes os principais elementos que compõem o gênero policial: o enigma; o autor, ou o suspeito da prática do crime cometido; a vítima; as pistas deixadas pelo criminoso; e a investigação realizada pelo policial civil.

Além disso, este empolgante trabalho de difusão cultural propicia a oportunidade de o escritor manifestar seu estilo literário. Entre as várias formas, destaque para o realismo, com a descrição objetiva das situações, e a exposição dos fatos sob sua perspectiva, mas sem idealizações e distorções.

Como verdadeiros Sherlock Holmes do mundo moderno, os delegados de Polícia, com astúcia e perspicácia, cativam a imaginação dos leitores, que, ávidos por desvendar os próximos capítulos, seguem ansiosos até a elucidação do mistério do crime.

Infelizmente, os autores dessas fascinantes obras não podem decidir o desfecho das suas histórias, pois, muitas vezes, a realidade impõe finais tristes ao livro da vida.

Importante ressaltar, também, que a atividade literária desenvolvida pelo delegado de Polícia, no exercício da sua nobre missão de garantidor da legalidade e da Justiça, vai além da área do Direito, abrangendo uma grande diversidade de temas, entre eles, a Sociologia.

Neste contexto, as histórias contadas por estes profissionais, pela riqueza das informações dos registros policiais, constituem patrimônio literário de inestimável valor cultural, que, além dos relevantes serviços prestados ao sistema de Justiça criminal, contribuem para a compreensão e reflexão do comportamento humano em sociedade.


Você sabia que o Portal Juristas está no FacebookTwitterInstagramTelegramWhatsAppGoogle News e Linkedin? Siga-nos!

Mario Leite Barros Filho
Mario Leite Barros Filho
Delegado de Polícia aposentado; assessor jurídico institucional do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp); professor da Academia de Polícia (Acadepol) “Doutor Coriolano Nogueira Cobra”; membro da Academia de Ciências, Letras e Artes dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo; e autor de diversas obras na área do Direito Administrativo Disciplinar e da Polícia Judiciária.

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Guia Completo para Obter um Visto de Trabalho em Portugal: Passo a Passo para Profissionais Internacionais

Mudar-se para Portugal é um sonho para muitos devido ao seu clima ameno, qualidade de vida elevada e rica cultura histórica. Para profissionais de fora da União Europeia, uma das vias principais para realizar esse sonho é através da obtenção de um visto de trabalho. Este guia abrangente fornece um passo a passo detalhado sobre como aplicar para um visto de trabalho em Portugal, incluindo dicas essenciais e requisitos legais.

Como funciona a obtenção de múltiplas cidadanias?

A obtenção de múltiplas cidadanias pode ocorrer de várias maneiras, dependendo das leis e regulamentos de cada país envolvido. Aqui está uma visão geral dos principais métodos pelos quais uma pessoa pode adquirir mais de uma cidadania:

Uma pessoa pode ter diversos passaportes e nacionalidades?

Sim, uma pessoa pode possuir diversos passaportes e nacionalidades, em um arranjo conhecido como dupla ou múltipla cidadania. Isso significa que ela é reconhecida como cidadã por mais de um país e pode usufruir dos direitos e benefícios associados a cada uma das suas nacionalidades.

O que é o NIF em Portugal?

O NIF (Número de Identificação Fiscal) em Portugal é um número único atribuído aos contribuintes para efeitos de tributação e outras atividades administrativas relacionadas com as finanças do Estado. Este número é essencial para a identificação dos cidadãos nas suas relações com a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) de Portugal, bem como em diversas transações financeiras e legais no país.