Confederação questiona lei de progressão funcional de policiais civis no STF

Data:

Policial Civil - Crime de Peculato
Créditos: Jose Lucena/TheNews2/Deposit Photos)

A Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) move uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 7578) no Supremo Tribunal Federal (STF) questionando a constitucionalidade de norma que estabelece parâmetros para a progressão funcional de policiais civis no Estado do Paraná. A relatoria da ação está a cargo da ministra Cármen Lúcia.

A controvérsia gira em torno da Lei Complementar estadual 259/2023, que, segundo a Cobrapol, fixou critérios distintos para a progressão funcional dos policiais civis em comparação com os demais servidores públicos estaduais. Além disso, alega que a norma estabelece um tratamento diferenciado entre delegados e os demais servidores da Polícia Civil, indo de encontro ao princípio constitucional da isonomia.

A entidade argumenta que a lei complementar ainda promove uma transformação nos cargos de investigador e escrivão de Polícia para o cargo de agente de polícia judiciária, sem conceder aos servidores o direito de escolherem permanecer nas atribuições de seus cargos originais.

Dentre as irregularidades apontadas pela Cobrapol, destaca-se a afronta ao princípio da isonomia, que assegura tratamento igualitário aos servidores públicos, e a suposta falta de opção dada aos policiais civis quanto à manutenção de suas funções originais.

A ADI 7578, que levanta questões importantes sobre a legislação paranaense, agora aguarda a análise da ministra Cármen Lúcia no STF.

Com informações do Supremo Tribunal Federal (STF)


Você sabia que o Portal Juristas está no FacebookTwitterInstagramTelegramWhatsAppGoogle News e Linkedin? Siga-nos!

Ricardo Krusty
Ricardo Krusty
Comunicador social com formação em jornalismo e radialismo, pós-graduado em cinema pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Modelo de Contrato de Manutenção de Sauna e Piscina

CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO O presente contrato tem por objeto a prestação de serviços de manutenção preventiva e corretiva de sauna e piscina, localizadas no endereço do CONTRATANTE.

Modelo de Contrato de Criação de Modelos de Petição para Escritório de Advocacia

O presente contrato tem por objeto a criação de modelos de petição pelo CONTRATADO para uso exclusivo do CONTRATANTE, conforme as especificações e requisitos definidos em comum acordo entre as partes.

Modelo - Contrato de Apoio Jurídico em Escritório de Advocacia

O presente contrato tem por objeto a prestação de serviços de apoio jurídico pelo PRESTADOR ao ESCRITÓRIO, conforme as condições estipuladas neste instrumento.

Guia completo para registrar marca sozinho no INPI

Descubra como proteger seu negócio com nosso guia completo para registrar marca sozinho no INPI. Passo a passo simplificado e eficaz.