TJAM prepara envio de máquinas caça-níqueis para destruição

Créditos: Belish/Shutterstock

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) vai encaminhar para destruição, no próximo dia 10 de agosto, 38 máquinas caça-níqueis apreendidas pela polícia e que são partes de processos em tramitação nas Varas Criminais da Comarca de Manaus. As máquinas serão destruídas pela empresa Amazon Clean, situada no Distrito Industrial II e a ação conta com o apoio da Vara Especializada do Meio Ambiente e de Questões Agrárias (Vemaqa).

A medida cumpre diretrizes da Resolução 009/2012, que tratou da reestruturação do Depósito Público do Tribunal e aprovou, dentre outras providências, as normas sobre a responsabilidade e gestão da guarda de bens apreendidos, estabelecendo, no seu artigo 18, que a destruição ou inutilização de bens será efetivada pela Divisão de Depósito Público, mediante autorização da diretoria do Fórum Ministro Henoch Reis.

De acordo com o diretor da Divisão de Depósito Público do TJAM, Sidney Level, em 2015 o Tribunal já havia encaminhado um lote de 20 máquinas caça-níqueis para destruição, nos mesmos critérios.

Armas

Também com o objetivo de envio para destruição, O TJAM retirou, nesta semana, da Comarca de Rio Preto da Eva, distante 80 quilômetros de Manaus, 78 armas de fogo, oriundas de processos criminais da Vara Única daquela Comarca.

A retirada das armas foi autorizada pela juíza titular da Comarca, Patricia Macedo de Campos. O material já está liberado para incineração pelo Exército Brasileiro. Esta foi a 23ª retirada de armas em comarcas do interior do Amazonas e o trabalho vem sendo intensificado.

 

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas

Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico.

- Sêneca

O dia que chegar, chegou. Pode ser hoje ou daqui a 50 anos. A única coisa certa é que ela vai chegar.

- Ayrton Senna