Melhorias de interface agilizam uso do Processo Judicial Eletrônico

276

Visual do PJe foi padronizado para garantir maior acessibilidade

Melhorias na interface vão agilizar o uso do Processo Judicial Eletrônico (PJe). A ideia é padronizar a apresentação visual da plataforma e garantir maior acessibilidade para pessoas com deficiência visual.

PJe - Processo Judicial Eletrônico

As mudanças são resultado de uma parceria entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Tribunal de Justiça do Mato Grosso (TJMT).

A parceria coloca em prática o Projeto Uikit (user interface). Agora o CNJ definirá um cronograma para que todos os sistemas da plataforma sejam adequados à nova interface.

Além de padronizar o visual da plataforma, foram feitos aperfeiçoamentos para melhorar a acessibilidade por pessoas com deficiência visual. Agora o uso ficará mais intuitivo e amigável. O Projeto Uikit também deve melhorar o acesso da plataforma pelo celular.

Lançado em 2011 pelo CNJ, o PJe agiliza o acesso de juízes, advogados e demais profissionais do Direito ao trâmite de processos nas diferentes instâncias e tribunais de Justiça de todo o País.

Clique aqui para saber mais.

Notícia produzida com informações da Assessoria de Imprensa do Conselho Nacional de Justiça

DEIXE UMA RESPOSTA