Curso de extensão dá direito a horário especial de trabalho a servidora

54
Funcionária havia proposto compensação entre jornadas Curso de extensão dá direito a horário especial de trabalho a servidora público federal. A decisão unânime é da 2ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) Créditos: Jasastyle | iStock Para o relator, desembargador federal Francisco de Assis Betti, a servidora preencheu todos os requisitos legais previstos em lei. “A despeito do preenchimento das exigências legais estabelecidas no art. 98 da Lei nº 8.112/90, também é fato que o deferimento da medida liminar e a posterior concessão da segurança possibilitaram à impetrante a participação no curso de extensão pretendido”, destacou. A União recorria da decisão da 7ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal. A servidora havia demonstrado a incompatibilidade entre o horário escolar e o da repetição, propondo a compensação entre as jornadas para não acarretar prejuízo ao cargo. Processo 0015354-07.2008.4.01.3400/DF Notícia produzida com informações da Assessoria de Imprensa do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Saiba mais: Escola indenizará aluno por descumprir carga horáriaServidora portadora de doença degenerativa tem horário especial de serviçoAssessor de imprensa não tem direito à jornada especial de 5 horasMédicos não podem acumular cargos com horários conflitantesMP-SP ajuíza ação contra Defensoria Pública para fazer valer

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados