Justiça suspende bloqueio de mais de 2 milhões de Anitta

0
123
anitta
Créditos: Reprodução | Anitta

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro concedeu uma liminar que suspende a decisão do bloqueio de R$ 2,8 milhões de Anitta no processo movido por sua ex-empresária Kamilla Fialho, na qual exige danos morais e prestação de contas. O desembargador Adolpho Andrade Mello conferiu a decisão provisória nesta terça-feira (12).

O bloqueio foi em nome de Kamilla Fialho, ex-empresária da artista e sócia da companhia de empresariamento artístico K2L, que deixou o cargo na equipe da cantora em 2014, e a decisão foi da juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível do Fórum Regional da Barra da Tijuca. O valor já havia sido estipulado em decisão de agosto de 2017.

O caso ainda conta com a suspensão da penhora, que ainda será julgada no mérito de recurso. Segundo o relator, a decisão de primeira instância teria acontecido antes do julgamento de um incidente de suspeição pedido pela defesa de Anitta, na qual questiona a parcialidade da juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro e que ainda está em fase de instrução processual.

anitta
Créditos: Brian A. Jackson | iStock

Caso seja confirmado o bloqueio, o valor será mantido em uma conta judicial até o término do processo que tramita na justiça desde 2014.

Segundo a defesa da empresária Kamilla Fialho, o valor da causa somando todos os ganhos pode chegar a R$ 30 milhões. (Com informações do Folha de S. Paulo.)