UFPB começa a emitir diplomas digitais assinados com certificado ICP-Brasil

302

Plataforma para a universidade é pioneira no Brasil.

ufpb
Créditos: SvetaZi | iStock

A Universidade Federal da Paraíba – UFPB passou a emitir diplomas digitais para os estudantes da instituição. Alguns formandos já receberam seus diplomas em formato eletrônico assinados com certificado digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil.

Essa medida é pioneira pois promove o uso combinado das tecnologias de Blockchain, certificação digital e preservação digital, tornando possível a criação de plataformas, escaláveis e agnósticas, para registro, autenticação e preservação dos diplomas digitais. A ferramenta foi criada através do projeto Serviço de Registro, Autenticação e Preservação Digital de Documentos – GT-RAP.

De acordo com a UFPB, essa plataforma vai ao encontro de uma demanda crescente nos meios universitários por mais segurança na expedição de diplomas e outros documentos que certificam a formação em nível superior, e também ao aumento do registro de casos de falsificação de diplomas em várias regiões do país.

O Ministério da Educação – MEC instituiu, ano passado, o uso do diploma em formato digital, conforme Portaria nº 330, de 5 de abril de 2018.

 “A plataforma também poderá ser integrada ao Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas – SIGAA, utilizado por várias Universidades Federais, possibilitando a padronização da emissão do diploma digital nacionalmente”, disse o professor Guido Lemos, atual coordenador do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Aplicações de Vídeo Digital – Lavid/UFPB.

O projeto GT-RAP é financiado pela Rede Nacional de Pesquisa – RNP e realizado em parceria com a Pontifícia Universidade Católica – PUC/RJ, com o Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro e com a Universidade Federal Rural do Semiárido – UFERSA do Rio Grande do Norte. (Com informações da Associação das Autoridades de Registros do Brasil.)

DEIXE UMA RESPOSTA