Futebol: Zagueiro Cacá entra na Justiça e cobra valor milionário do Cruzeiro

Figueirense Futebol Clube
Créditos: alphaspirit / iStock

Vendido pelo Cruzeiro ao Tokushima Vortis, do Japão, o zagueiro Cacá decidiu desabafar nas redes sociais na última semana e cobrar uma dívida de R$ 594.347,69 do ex-clube. Na Justiça, ele cobra do clube dois meses de salários, além do não pagamento de FGTS e rescisão do contrato.

Nas redes sociais ele afirmou que o clube não honrou com o acordo firmado no momento da venda ao Tokushima e revelou que abriu mão de certos valores para favorecer o clube. “Sou chefe de família, trabalho para sustentar minha família e honrar com meus compromissos. Quando saí do Cruzeiro, abri mão de 1/3 dos meus direitos econômicos que eu tinha por direito, aceitei a redução salarial em 25% no período da pandemia, fiquei desde setembro sem receber. Fiz tudo para favorecer ao clube por respeito e amor à camisa”, escreveu Cacá.

O Cruzeiro se posicionou ainda na semana passada, divulgando uma nota oficial para rebater as acusações do zagueiro. De acordo com o clube, ainda restam alguns valores para serem depositados. Porém, a diretoria desmentiu que não tenha enviado nenhuma quantia ao atleta. Na nota o Cruzeiro diz que “em nome da transparência, o Cruzeiro esclarece que, no dia 17 de fevereiro de 2021, acertou parte considerável dos atrasados que eram de direito do atleta, na ordem de R$ 205.993,00”.

 

Com informações do UOL.

 

 

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA