Justiça do trabalho condena Cruzeiro a pagar R$ 8 milhões a lateral direito Edilson

Figueirense Futebol Clube
Créditos: alphaspirit / iStock

A Justiça do Trabalho de Minas Gerais condenou o Cruzeiro Esporte Clube a pagar R$ 8 milhões ao lateral direito Edilson, que atuou pelo clube entre 2018 e 2020. A decisão foi da juíza Maritza Isidoro, da 44ª vara do trabalho de Belo Horizonte.

O jogador entrou com processo contra o Cruzeiro em junho deste ano, quase 12 meses após rescindir o contrato com o time, ficando fora dos planos do agremiação depois do rebaixamento. Ele cobrava R$ 9,2 milhões.

Jogo de Futebol
Créditos: PhonlamaiPhoto / iStock

Ainda há valores de custas do processos e honorários aos advogados de Edilson, que ficarão a cargo do Cruzeiro, “O reclamado pagará aos advogados do reclamante, honorários no valor no valor de R$ 403.077,23, atualizados a partir da prolação desta sentença”, disse a magistrada.

Edilson hoje, defende o Avaí na Série B.

Com informações do Globo Esporte.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA