Modelo de Petição com Pedido de Revisão de Aposentadoria por Invalidez – Acréscimo de 25% na Renda Mensal

Data:

Ação Ambiental - Faxinal dos Guedes
Créditos: Nicola Forenza / iStock

Modelo de Petição com Pedido de Revisão de Aposentadoria por Invalidez – Acréscimo de 25% na Renda Mensal

EXMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DO ____ JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE XXXXXXXX/UF

 

 

PARTE AUTORA, nacionalidade, estado civil, profissão, CPF XXXXXX, e-mail (correio eletrônico), residente e domiciliado na (endereço completo), vem mui respeitosamente perante Vossa Excelência, por meio de seu advogado abaixo assinado, propor a presente

AÇÃO ESPECIAL CÍVEL PREVIDENCIÁRIA

em face do INSS – INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL, com sede na XXXX (endereço completo), pelos seguintes fatos e fundamentos:

A parte autora é portador de deficiência/doença (descrever a deficiência/doença) e encontra-se aposentado por invalidez desde o dia XX/XX/XX.

Como ato contínuo, informa que o seu benefício é o de número XXXXXXXXXXX e a renda atual do seu benefício é de R$ XXXXXXXX (valor por extenso).

No dia XX/XX/XX requereu administrativamente perante o INSS o acréscimo de 25% (vinte e cinco por cento) na sua renda mensal, no entanto, o pedido foi indeferido pelas seguintes razões (descrever as razões do indeferimento).

Afirma a parte autor que, em decorrência da gravidade da deficiência/doença que o levou a aposentar-se por invalidez, precisa de assistência permanente de outra pessoa, fazendo jus, portanto, ao acréscimo de 25% (vinte e cinco por cento) sobre o valor da renda atual do seu benefício, nos termos do artigo 45, da Lei 8.213/91.

Dessa forma, pede e requer a Vossa Excelência:

  1. Que seja citado o INSS, a fim de responder aos termos da presente demanda;
  2. A condenação do INSS a conceder ao(à) Autor(a) o benefício de acréscimo de 25% (vinte e cinco por cento) na renda mensal, bem como a pagar as diferenças vencidas e vincendas, monetariamente corrigidas desde o respectivo vencimento e acrescidas de juros legais moratórios, incidentes até a data do efetivo pagamento;
  3. A renúncia ao que exceder à soma de 60 (sessenta) salários mínimos;
  4. A concessão do benefício da assistência judiciária gratuita por ser o(a) Autor(a) pobre na acepção legal;
  5. A produção de todas as provas admitidas em Direito, notadamente a oitiva das testemunhas a seguir arroladas:
    1. _____________________________________________
    2. _____________________________________________
    3. _____________________________________________

Dá-se a causa o valor de R$ XXXXXX (valor por extenso), para efeitos meramente fiscais.

Fortaleza, Data do Protocolo.

ASSINATURA
NOME DO ADVOGADO
Advogado – OAB/UF XXXXX

(Com informações da Justiça Federal do Ceará – JFCE)

Juristas
Juristashttp://juristas.com.br
O Portal Juristas nasceu com o objetivo de integrar uma comunidade jurídica onde os internautas possam compartilhar suas informações, ideias e delegar cada vez mais seu aprendizado em nosso Portal.

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Modelo de Petição - Abandono Afetivo - Ação Indenizatória

O Réu, ciente de sua paternidade em relação ao Autor, tem consistentemente falhado em suas responsabilidades parentais, negando apoio e cuidado ao filho, como será demonstrado pelas provas a serem apresentadas.

Modelo - Ação Indenizatória por Danos Morais - Abandono Afetivo

O Autor é _____ e objetiva por meio da presente ação o reconhecimento do abandono afetivo e consequente indenização por danos morais . O Réu, apesar de ter plena ciência do vínculo paterno com o Autor, vem reiteradamente negando a sua responsabilidade de auxiliar na criação do filho, agindo como se o mesmo nunca tivesse existido, o que se demonstrará pelas provas que pretende produzir.

Modelo de Petição - Ação de Contrafação

O Requerente é detentor da patente nº …., expedida pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial - INPI, datada de ……. (dia, mês e ano), conforme documento anexado (doc. ….).

Modelo - Ação de alteração de registro civil – mudança de sexo e prenome

1. O Requerente, geneticamente, nasceu sob o sexo Masculino, na Cidade de ………….., no dia …. de ……… de ……. Entretanto, é de salientar a Vossa Excelência que desde os …. (……) anos de idade percebeu que não tinha nada haver com o seu SEXO BIOLÓGICO, pois PSICOLOGICAMENTE pertencia ao SEXO FEMININO, tanto que aos … (….) anos de idade passou, definitivamente, a usar roupas femininas, bem como a ter atração por homens;