A 3ª Vara Criminal do TJDFT condena réu por ataque de ransomware ao STJ e BRB

Data:

hacker
Créditos: TheDigitalArtist / Pixabay

Um dos réus acusados de realizar um ataque de ransomware contra o Banco de Brasília (BRB) foi condenado a 10 anos de prisão pela 3ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT). O crime ocorreu entre setembro e outubro de 2022.

A Delegacia Especializada de Combate a Crimes Cibernéticos de Brasília, ao prender um dos acusados em uma operação denominada 'Black Hat', revelou que o mesmo ransomware foi utilizado em ataques contra o Superior Tribunal de Justiça, o governo do Distrito Federal, o Tribunal de Justiça do DF e um hospital particular em Taguatinga, também no DF.

No caso do BRB, os criminosos sequestraram dados e exigiram o pagamento de 50 bitcoins, o equivalente a R$ 5,27 milhões na época. O banco, contudo, não cedeu à extorsão e denunciou o crime às autoridades.

De acordo com o Ministério Público do Distrito Federal, o réu condenado está foragido. Já o segundo réu confessou o crime, firmou acordo de delação premiada e, segundo a promotoria, "atualmente aplica seus conhecimentos em informática auxiliando o Ncyber/MPDFT no monitoramento e combate a sites fraudulentos na internet".

Com informações do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT).


Você sabia que o Portal Juristas está no FacebookTwitterInstagramTelegramWhatsAppGoogle News e Linkedin? Siga-nos!

Ricardo Krusty
Ricardo Krusty
Comunicador social com formação em jornalismo e radialismo, pós-graduado em cinema pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Como Obter o Visto Gold em Portugal: Guia Completo para Investidores Estrangeiros

Visto Gold (Golden Visa) em Portugal O visto Gold (Golden...

Guia Completo para Obter um Visto de Trabalho em Portugal: Passo a Passo para Profissionais Internacionais

Mudar-se para Portugal é um sonho para muitos devido ao seu clima ameno, qualidade de vida elevada e rica cultura histórica. Para profissionais de fora da União Europeia, uma das vias principais para realizar esse sonho é através da obtenção de um visto de trabalho. Este guia abrangente fornece um passo a passo detalhado sobre como aplicar para um visto de trabalho em Portugal, incluindo dicas essenciais e requisitos legais.

Como funciona a obtenção de múltiplas cidadanias?

A obtenção de múltiplas cidadanias pode ocorrer de várias maneiras, dependendo das leis e regulamentos de cada país envolvido. Aqui está uma visão geral dos principais métodos pelos quais uma pessoa pode adquirir mais de uma cidadania:

Uma pessoa pode ter diversos passaportes e nacionalidades?

Sim, uma pessoa pode possuir diversos passaportes e nacionalidades, em um arranjo conhecido como dupla ou múltipla cidadania. Isso significa que ela é reconhecida como cidadã por mais de um país e pode usufruir dos direitos e benefícios associados a cada uma das suas nacionalidades.