Abandono de incapaz: pai condenado por deixar filho sozinho tem sentença mantida pelo TJSP

Data:

abuso de criança
Crédito: Eranicle | Istock

A 5ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) confirmou uma decisão da 1ª Vara de Penápolis, proferida pelo juiz Vinicius Gonçalves Porto Nascimento, que condenou um homem por abandono de incapaz. A pena, estabelecida em oito meses de detenção em regime aberto, foi substituída pela obrigação de pagar um salário-mínimo a uma entidade indicada pelo juízo de execução.

Segundo os autos do processo, o réu, que compartilhava a guarda do filho com a ex-esposa, passava os finais de semana com a criança e a deixou sozinha em casa durante a madrugada para comprar cigarros. No decorrer do trajeto, ele se envolveu em uma briga e precisou ser encaminhado ao pronto socorro. Enquanto isso, a criança acordou, percebeu a ausência do pai e foi até o portão pedir ajuda.

O relator do recurso, desembargador Pinheiro Franco, ressaltou que, mesmo que se argumente que uma criança de oito anos não seja totalmente dependente de cuidados, ela estava sob a responsabilidade do pai devido à guarda compartilhada. "A guarda implica deveres de cuidado e vigilância, que o acusado negligenciou ao sair de casa durante a madrugada, deixando a criança sozinha e trancada na residência, sem motivo", afirmou o desembargador.

Com informações do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP).


Você sabia que o Portal Juristas está no FacebookTwitterInstagramTelegramWhatsAppGoogle News e Linkedin? Siga-nos!

Ricardo Krusty
Ricardo Krusty
Comunicador social com formação em jornalismo e radialismo, pós-graduado em cinema pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Como Obter o Visto Gold em Portugal: Guia Completo para Investidores Estrangeiros

Visto Gold (Golden Visa) em Portugal O visto Gold (Golden...

Guia Completo para Obter um Visto de Trabalho em Portugal: Passo a Passo para Profissionais Internacionais

Mudar-se para Portugal é um sonho para muitos devido ao seu clima ameno, qualidade de vida elevada e rica cultura histórica. Para profissionais de fora da União Europeia, uma das vias principais para realizar esse sonho é através da obtenção de um visto de trabalho. Este guia abrangente fornece um passo a passo detalhado sobre como aplicar para um visto de trabalho em Portugal, incluindo dicas essenciais e requisitos legais.

Como funciona a obtenção de múltiplas cidadanias?

A obtenção de múltiplas cidadanias pode ocorrer de várias maneiras, dependendo das leis e regulamentos de cada país envolvido. Aqui está uma visão geral dos principais métodos pelos quais uma pessoa pode adquirir mais de uma cidadania:

Uma pessoa pode ter diversos passaportes e nacionalidades?

Sim, uma pessoa pode possuir diversos passaportes e nacionalidades, em um arranjo conhecido como dupla ou múltipla cidadania. Isso significa que ela é reconhecida como cidadã por mais de um país e pode usufruir dos direitos e benefícios associados a cada uma das suas nacionalidades.