STJ define termo inicial dos juros moratórios em casos por mau cheiro de estação de esgoto

Data:

Superior Tribunal de Justiça - STJ
Créditos: diegograndi / Depositphotos

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) está prestes a definir, sob o rito dos recursos repetitivos, o termo inicial dos juros moratórios em processos que envolvem reparação por danos morais causados pelo mau cheiro proveniente de estações de tratamento de esgoto público. A questão, cadastrada como Tema 1.221, será analisada com base nos Recursos Especiais (REsp) 2.090.538 e 2.094.611, sob a relatoria do ministro Sérgio Kukina.

O colegiado determinou a suspensão dos recursos especiais e agravos em recurso especial que tratam do mesmo tema, tanto no STJ quanto nos tribunais de segunda instância.

Segundo o relator, a controvérsia reside na definição do início da contagem dos juros moratórios: se a partir do evento danoso ou da data de citação, quando a empresa é condenada a indenizar por danos morais decorrentes do mau cheiro.

Kukina destacou a divergência entre as turmas de direito público do STJ. Enquanto a Segunda Turma determinou que os juros de mora incidam desde a data do evento danoso, a Primeira Turma entendeu que eles devem começar a partir da citação.

Afetação ao rito dos repetitivos

Diante do grande número de processos com a mesma questão jurídica, o ministro recomendou à Corregedoria-Geral da Justiça do Paraná que analise a possível prática de litigância predatória em relação às múltiplas demandas idênticas.

Os recursos repetitivos, regulados pelo Código de Processo Civil de 2015, possibilitam a solução de demandas semelhantes de forma mais rápida e segura, gerando economia de tempo e garantindo a segurança jurídica. No site do STJ, é possível acessar todos os temas afetados, bem como obter informações sobre as decisões de sobrestamento e as teses jurídicas firmadas nos julgamentos.

Com informações do Superior Tribunal de Justiça (STJ).


Você sabia que o Portal Juristas está no FacebookTwitterInstagramTelegramWhatsAppGoogle News e Linkedin? Siga-nos!

Ricardo Krusty
Ricardo Krusty
Comunicador social com formação em jornalismo e radialismo, pós-graduado em cinema pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Como Obter o Visto Gold em Portugal: Guia Completo para Investidores Estrangeiros

Visto Gold (Golden Visa) em Portugal O visto Gold (Golden...

Guia Completo para Obter um Visto de Trabalho em Portugal: Passo a Passo para Profissionais Internacionais

Mudar-se para Portugal é um sonho para muitos devido ao seu clima ameno, qualidade de vida elevada e rica cultura histórica. Para profissionais de fora da União Europeia, uma das vias principais para realizar esse sonho é através da obtenção de um visto de trabalho. Este guia abrangente fornece um passo a passo detalhado sobre como aplicar para um visto de trabalho em Portugal, incluindo dicas essenciais e requisitos legais.

Como funciona a obtenção de múltiplas cidadanias?

A obtenção de múltiplas cidadanias pode ocorrer de várias maneiras, dependendo das leis e regulamentos de cada país envolvido. Aqui está uma visão geral dos principais métodos pelos quais uma pessoa pode adquirir mais de uma cidadania:

Uma pessoa pode ter diversos passaportes e nacionalidades?

Sim, uma pessoa pode possuir diversos passaportes e nacionalidades, em um arranjo conhecido como dupla ou múltipla cidadania. Isso significa que ela é reconhecida como cidadã por mais de um país e pode usufruir dos direitos e benefícios associados a cada uma das suas nacionalidades.