Thomson Reuters anuncia Concurso Global de RegTech

Data:

Thomson Reuters anuncia Concurso Global de RegTech
Créditos: Phonlamai Photo | iStock

A Thomson Reuters lançou um concurso global de RegTech destinado a oferecer às startups das áreas jurídica, tributária e regulatória a oportunidade de fazer parceria com um dos principais prestadores de serviços de informações de negócios do setor. Novas empresas nessas áreas são convidadas a enviar sua inscrição antes de 9 de setembro de 2019. 

Os participantes devem demonstrar como suas soluções ajudam os advogados, os profissionais de impostos e conformidade e/ou os governos a resolver os desafios regulatórios e de conformidade por meio da aplicação inteligente de novas tecnologias. Os participantes serão julgados de acordo com critérios que incluem: oportunidade de mercado, proposta de valor de sua solução, experiência técnica, oportunidades de associação e qualidade de sua apresentação.

Todos os finalistas serão convidados a enviar suas propostas para um painel de executivos da Thomson Reuters em Nova York, em 29 de outubro de 2019, para investimento e/ou parceria com a Thomson Reuters.

"As empresas estão cada vez mais buscando tecnologia e automação para poder navegar em um ambiente regulatório em rápida evolução e com custos de conformidade cada vez mais altos", disse Nick Jarema, vice-presidente da Thomson Reuters Labs. O mercado global da RegTech triplicará nos próximos cinco anos para US$ 12 bilhões, e estamos entusiasmados em combinar nossos dados, experiência e relacionamento com clientes com o espírito inovador da comunidade de startups para fornecer ainda mais soluções ao mercado rapidamente".

"Este concurso dará às empresas em fase inicial a oportunidade de trabalhar com conjuntos de dados completos e estruturados, bem como especialistas em tecnologia e outras matérias, que esperamos que os ajudem a validar suas ofertas e acelerar a tração entre seus clientes e investidores", continuou.

Por que participar

O concurso proporcionará a oportunidade de colaborar com a Thomson Reuters. Por meio da colaboração, os participantes podem se beneficiar do acesso a conjuntos de dados completos, presença global, recursos de parceiros e tutoria de especialistas do setor e de tecnologia em toda a organização.

  • Os finalistas serão avaliados para investimento e/ou parceria com a Thomson Reuters
  • Os finalistas terão maior visibilidade no mercado através da publicidade desta competição e marketing conjunto em caso de parceria
  • Novas empresas qualificadas podem ter acesso a alguns dos 450,000 clientes globais da Thomson Reuters
  • Acesso a dados e ferramentas, incluindo conteúdo da Thomson Reuters, API, créditos da AWS e uma rede de cientistas de dados
  • Prêmios em dinheiro
  • Acesso a especialistas da Thomson Reuters

Critérios de Elegibilidade:

  • Deve ser semente ou Série A
  • Prova do ajuste do mercado do produto ao ter pelo menos um cliente pagante
  • O modelo de negócios deve ser B2B
  • A oferta de produtos deve abordar um caso de uso relacionado a regulamentações aplicáveis a profissionais da área jurídica, profissionais de impostos, profissionais de conformidade, usuários do governo e/ou agências reguladoras.
  • Maioria da propriedade deve ser de seus fundadores

Para informações adicionais, incluindo regras oficiais de competição, visite: http://www.tr.com/trregtech2019.

Leia também:

 

Conheça o Juristas Signer , a plataforma de assinatura de documentos com certificado digital.

 

Juristas
Juristashttp://juristas.com.br
O Portal Juristas nasceu com o objetivo de integrar uma comunidade jurídica onde os internautas possam compartilhar suas informações, ideias e delegar cada vez mais seu aprendizado em nosso Portal.

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Esposa pode pedir para retirar sobrenome do marido mesmo durante o casamento

A possibilidade de uma esposa solicitar a retirada do sobrenome adquirido após o casamento, mesmo estando ainda na união conjugal, foi confirmada pela 2ª Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). A decisão veio após a análise de um recurso apresentado pela própria autora da solicitação.

TRF5 assegura medicamento para tratamento de nanismo

A Sétima Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) decidiu por unanimidade garantir o fornecimento do medicamento Voxzogo (Vosoritida) a uma menor com acondroplasia (nanismo), conforme prescrições médicas. A decisão reverteu a sentença da 4ª Vara Federal da Seção Judiciária da Paraíba (SJPB) e assegurou o acesso ao tratamento, mesmo diante do alto custo do medicamento, que não é fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Juiz condena Banco Central ao pagamento de R$ 91 mil a produtor rural

A 1ª Vara Federal de Bento Gonçalves (RS) determinou que o Banco Central pague R$ 91,8 mil a um produtor rural de Nova Araçá (RS) referentes ao Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro). A sentença, emitida pelo juiz André Augusto Giordani e publicada no domingo (25/2), atende ao pedido do agricultor que não obteve resposta após solicitar a cobertura do seguro Proagro devido às perdas na colheita da safra 2021/2022 causadas pela seca.

STF adia julgamento da revisão da vida toda para a aposentadoria

O Supremo Tribunal Federal (STF) adiou mais uma vez o julgamento da revisão da vida toda para a aposentadoria. A discussão será retomada nesta quinta-feira (29), conforme informações do Portal InfoMoney.