As dúvidas do feminismo brasileiro

98
Feminismo Brasileiro   Créditos: asharkyu / Shutterstock.com Surgido durante as revoluções liberais do século XVIII, em nosso país, a luta das mulheres por igualdade de condições sociais e laborais entre homens e mulheres só ocorrera mais tarde. Aliás, vige um natural delay entre o mundo desenvolvido e nosso país.   No período das revoluções liberais embalado pela força dos valores iluministas que tanto nutriram a Revolução Francesa como a Independência Norte-americana que foram movimentos que enfatizaram a busca por maiores direitos políticos e sociais.   Destacou-se como uma das maiores representantes do feminismo, a escritora Olímpia de Gouges, que em 1781, escreveu a Declaração dos Direitos da Cidadã e da Mulher, onde a escritora francesa apontava sobre a necessidade de equiparação dos direitos sociais, políticos e jurídicos entre homens e mulheres. Aliás, Olímpia era contrária a Declaração dos Direitos do Homem e do cidadão que privilegiava o gênero masculino e excluía o feminino.   Aliás, durante todo século XIX o feminismo fora dinamizado pelos grandes paradoxos existentes no liberalismo e nas revoluções industriais que apesar de propor o fim das desigualdades, defendia a existência do patriarcalismo nos núcleos familiares e, ainda, a distinção de tratamento nos locais de trabalho, uma

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados
   
Cadastro de Novo Usuário
*Required field