Facebook e Instagram têm contas bloqueadas antes do início da eleição legislativa nos EUA

116
contas bloqueadas
Créditos: Prykhodov | iStock

A rede social Facebook tirou do ar 30 contas de sua plataforma e mais 85 no Instagram ontem (5) à noite. A medida foi tomada após a empresa ter recebido uma denúncia das autoridades policiais americanas poucas horas antes do início da eleição legislativa nos Estados Unidos.

O Facebook afirmou em nota divulgada que as investigações estão em “estágio inicial” e que as contas podem estar “envolvidas em um comportamento não autêntico coordenado”. Quem assina a nota é Nathaniel Gleicher, chefe de cibersegurança da empresa.

Ainda de acordo com a empresa, quase todas as páginas associadas a essas contas pareciam estar nos idiomas francês ou russo. Já as contas do Instagram, estavam associadas a contas principalmente em inglês, sendo que algumas estão focadas em celebridades e outras em debates políticos.

O comunicado afirma ainda que, apesar de as investigações estarem em fase inicial, a empresa decidiu fazer o anúncio publicamente por causa da importância das eleições de meio de mandato nos Estados Unidos.

Hoje (6), os americanos vão às urnas para votarem nas chamadas “midterms”, ou “eleições de meio de mandato”. Os eleitores vão definir uma nova Câmara, um terço do Senado e mais de 75% de seus governadores. (Com informações do G1.)

DEIXE UMA RESPOSTA