Deputados do PT acionam PGR contra propaganda do SBT com slogan da ditadura militar

0
0
sbt
Créditos: Djedzura | iStock

As vinhetas veiculadas pelo SBT com o bordão “Brasil, ame-o ou deixe-o”, um dos slogans da ditadura militar, foram objeto de representação, por parte de deputados do PT, na Procuradoria-Geral da República. Os parlamentares pediram à Raquel Dodge a suspensão da propaganda, a vedação de veiculação semelhante e a responsabilização do SBT.

Eles acreditam que a emissora pode ser enquadrada na Lei de Segurança Nacional, porque a propaganda afronta a liberdade de expressão e pensamento, a ordem constitucional vigente e o direito constitucional das minorias.

Na representação, disseram que “a propaganda veiculada dissemina ainda mais o ódio que vem sendo destilado contra adversários e minorias pelo grupo político vitorioso nas eleições presidenciais” e tenta “promover retrógrados valores ‘patrióticos’ que vigiam no regime militar, como se a prática de tortura, perseguição de adversários, constrição de liberdades civis e políticas fossem valores a serem cultuados nessa nova fase a ser vivenciada pela sociedade brasileira”.

A emissora foi duramente criticada pela propaganda e a retirou dos intervalos. (Com informações do Jota.Info.)