MPRJ pede aplicação de multa ao Google por não colaborar nas investigações do caso Marielle

16
MPRJ pede aplicação de multa ao Google por não colaborar nas investigações do caso Marielle | Juristas
Créditos: Rclassenlayouts | iStock

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro – MPRJ pediu a aplicação de multa diária de R$ 100 mil até o limite de R$ 5 milhões ao Google por descumprir determinação judicial de quebra de sigilo de dados telemáticos para às investigações do caso da vereadora Marielle Franco.

O pedido foi feito por meio de Oficio entregue à 4ª Vara Criminal da Comarca da Capital pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco.
Desde a primeira determinação judicial, 27 de agosto de 2018, o Google já recorreu da decisão por três vezes e teve o pedido negado em todas elas.

A vereadora e o motorista dela, Anderson Gomes foram mortos a tiros, em março de 2018, no bairro do Estácio, na Região Central do Rio. Apontados como suspeitos do atentado, o policial militar reformado Ronnie Lessa e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz estão presos em um presídio em Rondônia e devem ir a júri popular.

Com informações do G1

DEIXE UMA RESPOSTA