Inovação no monitoramento do sistema carcerário da Paraíba é destaque nacional

Data:

Com essa inovação, a tecnologia utilizada no estado permite o reconhecimento facial, de voz e detecção de digital dos presos.

 

A Paraíba inova, mais uma vez, na área de tecnologia, com o inédito sistema de monitoramento eletrônico de presos.

A novidade tecnológica permite realizar, por meio de um dispositivo, o reconhecimento facial, de voz e detecção de digital de cada encarcerado do regime semiaberto.

Idealizado pelo juiz Bruno César Azevedo, a tecnologia inovadora foi apresentada, oficialmente, no dia 22 de março, na Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba.

A Reportagem sobre o assunto, produzida pelo Núcleo de Televisão da Diretoria de Comunicação do TJPB, foi ao ar na TV Justiça, na quinta-feira (29).

De acordo com o juiz Bruno Azevedo, a nova tecnologia permite um maior controle do monitorando, oferecendo mais segurança e economia, além de apresentar um modelo ergonômico (parecido com um celular), que traz um impacto positivo à imagem da pessoa que está sendo monitorada.

O sistema foi desenvolvido a partir de uma parceria entre o juiz Bruno Azevedo, o Departamento do Curso de Direito da Universidade Estadual da Paraíba, a empresa de tecnologia Himni, e o aplicativo Mundo Jurídico.

“O sistema busca garantir um maior controle do apenado que está sendo monitorado no regime semiaberto”, informou o juiz.

O juiz Bruno Azevedo foi, também, o idealizador da tornozeleira eletrônica, invenção precursora da nova ferramenta, utilizada hoje em todo o território brasileiro.

“Em agosto, fará 10 anos da implantação do monitoramento de presos pela tornozeleira eletrônica. Então, tivemos a ideia de aprimorar essa tecnologia, criando um sistema capaz de realizar a leitura facial, o reconhecimento de voz e detecção de digital, através de um dispositivo similar a um aparelho celular”, disse o magistrado.

 

Com informações do portal do Tribunal de Justiça da Paraíba.

 

Juliana Ferreira
Juliana Ferreirahttps://juristas.com.br/
Gestora de conteúdo do Portal Juristas.com.br

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Modelo de contrato de prestação de serviços de Personal Trainer para Triatetlas

O presente contrato tem por objeto a prestação de serviços de personal trainer especializado em treinamento para triatletas, com o objetivo de melhorar o desempenho do Contratante nas modalidades de natação, ciclismo e corrida.

Empresa de fotos e vídeos condenada por falha em filmagem de casamento

A 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) confirmou a decisão da Comarca de Lavras que responsabilizou uma empresa de fotografia e vídeo a pagar R$ 10 mil por danos morais e R$ 1,4 mil por danos materiais a uma noiva, devido a falhas na filmagem de seu casamento.

Homem trans será indenizado por não ter nome social reconhecido em registro bancário

A 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) alterou uma decisão inicial e determinou que um banco indenize um homem trans em R$ 10 mil por danos morais devido ao não reconhecimento do seu nome social nos registros bancários.

Justiça condena hospital, plano de saúde e médico a indenizar paciente por erro em cirurgia

A 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) confirmou uma decisão da Comarca de Belo Horizonte que responsabiliza um hospital, um médico anestesista e um plano de saúde pelo pagamento de indenizações à uma paciente, totalizando R$ 200 mil, divididos igualmente entre danos morais e estéticos.