STF mantém liminares que impediram bloqueio de verbas de estatais do RJ e de PE

Data:

Lei das Estatais
Crédito: Bet_Noire

O Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou as liminares que suspendiam decisões judiciais que bloqueavam valores das contas das empresas estatais, Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) e Pernambuco Participações e Investimentos S/A (Perpart) para a quitação de dívidas reconhecidas judicialmente.

Essas decisões seguem a jurisprudência consolidada do STF, que estabelece que empresas públicas e sociedades de economia mista que prestam serviços públicos essenciais, sem concorrência, devem obedecer ao regime de precatórios, conforme o artigo 100 da Constituição Federal. Portanto, não podem ter seus recursos bloqueados por determinações judiciais para o pagamento de débitos.

Além disso, essas empresas não podem ter seu programa orçamentário modificado sem a devida autorização legislativa, pois isso violaria princípios fundamentais como a separação dos Poderes, a legalidade e a continuidade na prestação dos serviços públicos.

As decisões, unânimes, foram proferidas nas Arguições de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPFs) 1088 e 1090, durante a sessão plenária virtual encerrada em 20/2. Na ADPF 1088, relatada pelo ministro Luiz Fux, o mérito foi analisado e o pedido foi considerado procedente, confirmando a liminar concedida anteriormente. Já na ADPF 1090, sob relatoria do ministro Cristiano Zanin, foi referendada a decisão cautelar.

Com informações do Supremo Tribunal Federal (STF).


Você sabia que o Portal Juristas está no FacebookTwitterInstagramTelegramWhatsAppGoogle News e Linkedin? Siga-nos!

Ricardo Krusty
Ricardo Krusty
Comunicador social com formação em jornalismo e radialismo, pós-graduado em cinema pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Guia Completo para Obter um Visto de Trabalho em Portugal: Passo a Passo para Profissionais Internacionais

Mudar-se para Portugal é um sonho para muitos devido ao seu clima ameno, qualidade de vida elevada e rica cultura histórica. Para profissionais de fora da União Europeia, uma das vias principais para realizar esse sonho é através da obtenção de um visto de trabalho. Este guia abrangente fornece um passo a passo detalhado sobre como aplicar para um visto de trabalho em Portugal, incluindo dicas essenciais e requisitos legais.

Como funciona a obtenção de múltiplas cidadanias?

A obtenção de múltiplas cidadanias pode ocorrer de várias maneiras, dependendo das leis e regulamentos de cada país envolvido. Aqui está uma visão geral dos principais métodos pelos quais uma pessoa pode adquirir mais de uma cidadania:

Uma pessoa pode ter diversos passaportes e nacionalidades?

Sim, uma pessoa pode possuir diversos passaportes e nacionalidades, em um arranjo conhecido como dupla ou múltipla cidadania. Isso significa que ela é reconhecida como cidadã por mais de um país e pode usufruir dos direitos e benefícios associados a cada uma das suas nacionalidades.

O que é o NIF em Portugal?

O NIF (Número de Identificação Fiscal) em Portugal é um número único atribuído aos contribuintes para efeitos de tributação e outras atividades administrativas relacionadas com as finanças do Estado. Este número é essencial para a identificação dos cidadãos nas suas relações com a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) de Portugal, bem como em diversas transações financeiras e legais no país.