Justiça do Trabalho publica resultado de pesquisa de qualidade do PJe

76
Resultado supera as metas propostas. Créditos: Alex LMX | iStock O Conselho Superior da Justiça do Trabalho divulgou o resultado da Pesquisa de Qualidade no uso do Sistema PJe, e o resultado supera as metas estabelecidas no Planejamento Estratégico do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) para o ano de 2020. O indicador 17 (qualidade do sistema pela ótica do público interno) alcançou 80,06% de satisfação, quase 55% acima do índice esperado para o ano de 2020. O indicador 18 (percepção do público externo) atingiu 68,66%, quase 9% acima do índice de satisfação esperado para 2020. Se fosse considerado o ano de 2018, os indicadores ficariam acima do índice em 90% e 18,28% respectivamente. O presidente do CSJT e do TST, ministro Brito Pereira, destaca a colaboração entre os TST e os tribunais regionais para a elaboração dos projetos nacionais de TI na Justiça do Trabalho, o que permite maior automação. Para Fabiano de Abreu Pfeilsticker, coordenador Nacional do PJe na Justiça do Trabalho, os dados revelam a evolução do PJe e o aperfeiçoamento do sistema devido à correta priorização das iniciativas, bem como o envolvimento e a participação efetiva dos tribunais no desenvolvimento do Sistema de forma colaborativa.

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados