Tecnologia no Direito: O Whatsapp e o Código de Ética da OAB

222
Por Cesar Orlando* e Vitória Pereira** Considerando que estamos está cada vez mais entrelaçados com as mais variadas tecnologias, nada melhor do que utilizar essas mesmas ferramentas também a favor da nossa vida profissional. Assim, o uso do Whatsapp na vida profissional de um advogado é uma ótima maneira de otimizar a comunicação com o cliente. Um advogado com vias modernas de atendimento pode passar uma imagem profissional, competente e antenada aos seus clientes. Porém, a conduta do advogado ao estabelecer uma comunicação via Whatsapp deve respeitar os limites e as diretrizes da Código de Ética. Veja abaixo alguns pontos importantes: O Código de Ética da OAB não se posicionou expressamente quanto ao uso do Whatsapp. O que temos é uma interpretação extensiva das normas já existentes. Mesmo seguindo as dicas a seguir, é importante sempre prezar pela cautela. A publicidade na advocacia é um tema subjetivo, que pode ser interpretado de muitas formas. Para não correr riscos com a OAB, seja sempre claro e não faça apologias ao consumo dos serviços. É vedado a prestação de serviço ou consultorias sem a devida cobrança dos honorários. Então, é importante que logo de início informe expressamente ao cliente sobre eventuais cobranças. Por

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados