Funcionário que faz limpeza de banheiro de cinema tem direito ao adicional por insalubridade

108
No caso o trabalhador foi contratado como atendente mas auxiliava na limpeza do local Funcionário que faz limpeza de banheiro de cinema tem direito ao adicional por insalubridade. Com o entendimento unânime, a 5ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-4) manteve sentença de primeira instância. Créditos: Nitiwa | iStock No caso, o trabalhador foi contratado para trabalhar como atendente mas afirmou que ajudava na limpeza do banheiro, incluindo vasos sanitários, e também retirava os lixos. O juízo da 5ª Vara do Trabalho de Canoas obrigou o pagamento de adicional de 40% sobre o salário mínimo. O montante, continuou, também deve ter reflexos sobre férias, aviso-prévio e horas extras. Em sua defesa, a empresa argumentou que o adicional de insalubridade em grau máximo deve ser atribuído à exposição permanente a esgotos ou à coleta e à industrialização de lixo urbano e que não era o caso do funcionário. Saiba mais: TST entende que manusear produtos de limpeza não gera adicional insalubridadeGari tem direito a adicional máximo de insalubridadeCamareira de hotel receberá adicional máximo de insalubridade por limpeza de banheirosDF pagará adicional de insalubridade em grau máximo a servidor temporárioAgente comunitária de saúde não tem direito a adicional

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados