Negativação indevida no Serasa justifica indenização por danos morais

331
Consumidor foi cobrado por dívida bancária de quase R$ 550 por serviços que não tinha conhecimento Negativação indevida no Serasa justifica indenização ao consumidor. A decisão beneficia homem em Minas Gerais. Ele estava sendo cobrado por uma dívida bancária que não tinha conhecimento. Créditos: hvostik / Shutterstock.com Assim que contratado para trabalhar em obra, o consumidor foi avisado que precisaria abrir conta salário no Banco do Brasil para receber a remuneração. A instituição financeira, entretanto, não avisou que haveria o pagamento de taxa de manutenção mensal. Anos mais tarde, o autor da ação foi surpreendido enquanto comprava uma televisão. Ele tomou conhecimento de que seu nome estava negativado no Serasa. Àquela altura, a dívida com o banco já somava quase R$ 550. Saiba mais: Devedor contumaz não pode ser indenizado por negativação indevidaTabelião substituto mostra diferenças entre cobrança, negativação e protestoÉ má-fé questionar negativação por dívida existenteEx-marido responsável pela negativação do nome da ex-cônjuge deverá indenizá-laBanco indenizará cliente por não comprovar a negativação de seu nome A 7ª Vara Cível da Comarca de Governador Valadares (TJ-MG) anulou o débito e condenou o Banco do Brasil a pagar R$ 10 mil por danos morais. De acordo com o relator, desembargador Domingos

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados