Município deve indenizar pessoa envolvida em acidente de trânsito por falta de iluminação em via pública

acidente de trânsito coisa julgada
Créditos: rawf8 / Envato Elements

Os desembargadores que compõem a 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) mantiveram a condenação de ente público municipal de indenizar uma passageira de motocicleta que se machucou em acidente de trânsito causado por falta de iluminação em via pública. O município de Tarauacá, deve pagar a passageira em R$ 3 mil pelos danos morais e R$105 dos prejuízos materiais.

responsabilidade
Créditos: Osobystist | iStock

O acidente aconteceu na madrugada do dia 7 de setembro de 2017, segundo a autora do processo, que estava na garupa da moto, por falta de iluminação bateram em um buraco, perderam o controle e colidiram com outra motocicleta que vinha em sentido oposto, também tentando desviar do buraco.

O Juízo Cível da cidade acolheu parcialmente os pedidos, condenando o reclamado. Mas, o ente público e a parte autora entraram com pedido de recurso. O réu desejava que a sentença fosse reavaliada e as solicitações negadas e a autora desejava o aumento do valor indenizatório.

Imprudência de motociclista culmina em acidente, perna quebrada e indenização negada
Créditos: GUNDAM_Ai / Shutterstock.com

Para a desembargadora Regina Ferrari, relatora do recurso (0700011-15.2018.8.01.0014), a autora apresentou comprovações, mostrando a relação de causa e efeito entre o acidente e as condições da via pública. “Logo, forçoso reconhecer que a apelada apresentou prova do dano, material e moral, e o nexo de causalidade, bem como está configurada a falha do município no dever de fiscalização da via pública”, concluiu.

Com informações do Tribunal de Justiça do Acre.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA