Azul é condenada a pagar indenização a idosa, por atraso de 38 horas em voo internacional

Data:

Azul Linhas Aéreas
Créditos: dabldy / iStock

A 12ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) determinou que a Azul Linhas Aéreas Brasileiras S/A indenize uma idosa de 80 anos devido a um atraso de 38 horas em um voo internacional. A compensação por danos morais foi aumentada para R$ 10 mil. Além disso, a empresa foi condenada a ressarcir o prejuízo de R$ 280 relacionado ao serviço de translado contratado para levar a passageira do aeroporto até sua residência.

Conforme os autos (1009013- 93.2023.8.26.0068), após aguardar por três horas para embarcar em um voo de Orlando para o Rio de Janeiro, com escala em Campinas, a idosa foi informada de que o trecho entre Orlando e Campinas havia sido cancelado. Após ser realocada para outro voo, que partiu 34 horas depois, a passageira enfrentou outro atraso de 5 horas, resultando na perda da conexão para a qual foi realocada. Isso gerou um atraso total de mais de 38 horas em relação ao horário originalmente acordado.

furto / Furtos
Créditos: sergign / Shutterstock.com

Ao proferir seu voto, o relator do recurso, Alexandre David Malfatti, ressaltou que a situação foi agravada pelo fato de a autora ser uma idosa.  “Tanto o trajeto em que constatado o primeiro cancelamento (Orlando – Campinas) como o trajeto total (Orlando – Rio de Janeiro) são usuais, não tendo a ré apresentado justificativa para tamanha delonga na reacomodação da autora que, ademais, chegou em seu destino de madrugada, quando, originalmente, havia contratado voo com chegada no período da manhã", afirmou.

O magistrado também considerou que a quantia fixada atenderá às funções compensatória (principal) e inibitória, concretizando-se o direito básico do consumidor”.

Com informações do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP).


Você sabia que o Portal Juristas está no FacebookTwitterInstagramTelegramWhatsAppGoogle News e Linkedin? Siga-nos!

Ricardo Krusty
Ricardo Krusty
Comunicador social com formação em jornalismo e radialismo, pós-graduado em cinema pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

A Influência da Identidade Visual na Força da Marca

A Influência da Identidade Visual na Força da Marca Definição...

Marcas Notoriamente Conhecidas: Proteção e Exemplos no Brasil

No mundo dos negócios, algumas marcas alcançam um nível de reconhecimento tão alto que se tornam notoriamente conhecidas. Essas marcas gozam de uma proteção especial, mesmo que não estejam registradas em todas as classes de produtos ou serviços. Este artigo aborda o conceito de marcas notoriamente conhecidas, a proteção legal conferida a elas no Brasil e exemplos de marcas que se enquadram nessa categoria.

Modelo de recurso contra multa por não obedecer à sinalização de trânsito

Modelo para recurso contra multa por não obedecer à...

TJSP invalida venda de empresa por inclusão de crédito do qual não é titular

A 1ª Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo, em julgamento estendido, declarou a invalidade da venda de uma empresa que incluía no preço final valores de precatórios dos quais não era titular, caracterizando uma operação de crédito a non domino.