STF determina arquivamento de inquérito contra deputado Aécio Neves

Data:

Denúncia por corrupção passiva contra senador Aécio Neves é recebida no STF
Créditos: Adauto Nascimento / shutterstock.com

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou, por maioria de votos, o arquivamento de um inquérito contra o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) devido à falta de provas. A decisão foi tomada pela Segunda Turma do STF nesta terça-feira (27), após o pedido ser feito pela defesa do parlamentar.

O inquérito (INQ 4830) tratava das alegações feitas pelo ex-presidente da Construtora OAS, Léo Pinheiro, em sua colaboração premiada. Pinheiro afirmou que houve pagamentos irregulares a Neves entre 2010 e 2012, quando este era governador de Minas Gerais. O propósito seria favorecer a empresa em contratos de obras no estado, especialmente no Programa de Eletrificação Rural “Luz Para Todos”.

Durante o julgamento, o ministro Gilmar Mendes prevaleceu com seu voto, argumentando que não existem elementos mínimos para justificar a continuação das investigações. Ele destacou que, devido ao tempo decorrido desde o início do inquérito, prosseguir com as investigações seria inútil e violaria o princípio da duração razoável do processo.

O ministro André Mendonça acrescentou que as alegações feitas na delação não foram corroboradas por provas. Além disso, os ministros Nunes Marques e Dias Toffoli também se pronunciaram a favor do arquivamento do caso. O ministro Edson Fachin ficou vencido em seu voto, defendendo o envio do processo à Justiça Federal de Minas Gerais.

Com informações do Supremo Tribunal Federal (STF).


Você sabia que o Portal Juristas está no FacebookTwitterInstagramTelegramWhatsAppGoogle News e Linkedin? Siga-nos!

Ricardo Krusty
Ricardo Krusty
Comunicador social com formação em jornalismo e radialismo, pós-graduado em cinema pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Guia Completo para Obter um Visto de Trabalho em Portugal: Passo a Passo para Profissionais Internacionais

Mudar-se para Portugal é um sonho para muitos devido ao seu clima ameno, qualidade de vida elevada e rica cultura histórica. Para profissionais de fora da União Europeia, uma das vias principais para realizar esse sonho é através da obtenção de um visto de trabalho. Este guia abrangente fornece um passo a passo detalhado sobre como aplicar para um visto de trabalho em Portugal, incluindo dicas essenciais e requisitos legais.

Como funciona a obtenção de múltiplas cidadanias?

A obtenção de múltiplas cidadanias pode ocorrer de várias maneiras, dependendo das leis e regulamentos de cada país envolvido. Aqui está uma visão geral dos principais métodos pelos quais uma pessoa pode adquirir mais de uma cidadania:

Uma pessoa pode ter diversos passaportes e nacionalidades?

Sim, uma pessoa pode possuir diversos passaportes e nacionalidades, em um arranjo conhecido como dupla ou múltipla cidadania. Isso significa que ela é reconhecida como cidadã por mais de um país e pode usufruir dos direitos e benefícios associados a cada uma das suas nacionalidades.

O que é o NIF em Portugal?

O NIF (Número de Identificação Fiscal) em Portugal é um número único atribuído aos contribuintes para efeitos de tributação e outras atividades administrativas relacionadas com as finanças do Estado. Este número é essencial para a identificação dos cidadãos nas suas relações com a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) de Portugal, bem como em diversas transações financeiras e legais no país.