STJ rejeita recurso do MPF em caso de invasão de domicílio durante operação policial contra tráfico de drogas

Data:

STJ rejeita recurso do MPF em caso de invasão de domicílio durante operação policial contra tráfico de drogas | Juristas
Polícia Federal (PF) - Salvador
Autor joasouza

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) reafirmou a responsabilidade do Estado em provar o consentimento do morador para a entrada da polícia em sua residência durante investigações criminais. O entendimento foi mantido ao negar recurso do Ministério Público contra decisão monocrática do ministro Sebastião Reis Junior, que concedeu habeas corpus para declarar a nulidade de um flagrante por tráfico de drogas devido à invasão da casa do réu pela polícia.

O caso remonta a fevereiro de 2023, quando agentes policiais responderam a uma denúncia anônima de tráfico de drogas em uma residência específica. Ao chegarem ao local, encontraram o suspeito arremessando uma sacola para a laje do banheiro. Durante a busca na casa, foram encontradas diversas drogas, armas de fogo, munições, uma balança e um colete balístico.

Inicialmente, o juízo de primeira instância considerou a ação policial justificada, dispensando a exigência de termo escrito ou registro audiovisual do consentimento do morador. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) confirmou a legalidade do ingresso dos policiais.

Entretanto, a defesa do réu argumentou que houve invasão de domicílio e ausência de autorização de entrada, especialmente pela falta de registro do consentimento pelos policiais. Alegou que não seria cabível sugerir que alguém permitiu a entrada da polícia após o investigado jogar algo no telhado da residência, ciente de que havia armas, munições e drogas no interior.

O ministro Sebastião Reis Junior destacou que a entrada em domicílio sem autorização judicial só é admissível quando o contexto anterior à invasão sugere a ocorrência de crime que exige ação imediata para sua interrupção. Além disso, apontou divergências nos depoimentos dos policiais e a falta de descrição do conteúdo da sacola arremessada pelo réu, o que indica a insuficiência de elementos para justificar a entrada na residência sem o consentimento claro e voluntário dos moradores.

"A ação policial não foi legitimada pela existência de fundadas razões – justa causa – para a entrada desautorizada no domicílio do agravado, pois a fundamentação na natureza permanente do delito, a existência de mera denúncia anônima, desacompanhada de outras diligências preliminares, e a ausência de documentação do consentimento do morador para ingresso em domicílio maculam as provas produzidas na busca e apreensão domiciliar sem autorização judicial", apontou o ministro.

Citando precedentes do STJ, Sebastião Reis Junior lembrou que é responsabilidade do Estado provar a legalidade e a voluntariedade do consentimento para entrada na residência do suspeito e a prova do consentimento deve ser registrada em áudio e vídeo e preservada durante todo o processo.

Com informações do Superior Tribunal de Justiça (STJ).


Você sabia que o Portal Juristas está no FacebookTwitterInstagramTelegramWhatsAppGoogle News e Linkedin? Siga-nos!

Ricardo Krusty
Ricardo Krusty
Comunicador social com formação em jornalismo e radialismo, pós-graduado em cinema pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Deixe um comentário

Compartilhe

Inscreva-se

Últimas

Recentes
Veja Mais

Modelo de Contrato de Criação de Modelos de Petição para Escritório de Advocacia

O presente contrato tem por objeto a criação de modelos de petição pelo CONTRATADO para uso exclusivo do CONTRATANTE, conforme as especificações e requisitos definidos em comum acordo entre as partes.

Modelo - Contrato de Apoio Jurídico em Escritório de Advocacia

O presente contrato tem por objeto a prestação de serviços de apoio jurídico pelo PRESTADOR ao ESCRITÓRIO, conforme as condições estipuladas neste instrumento.

Guia completo para registrar marca sozinho no INPI

Descubra como proteger seu negócio com nosso guia completo para registrar marca sozinho no INPI. Passo a passo simplificado e eficaz.

A Influência da Identidade Visual na Força da Marca

A Influência da Identidade Visual na Força da Marca Definição...