quarta-feira, novembro 13, 2019
Início Tags Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (MG)

Tag: Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (MG)

produtos de limpeza

Manipular produtos de limpeza doméstica não justifica adicional de insalubridade

Produtos de limpeza de uso doméstico não contêm agentes químicos em grau suficiente para ameaçar a saúde humana. Por isso, juridicamente, as profissões que exigem manuseio destes itens não são consideradas atividades insalubres. Com o entendimento, a 7ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT3).
empresa

Assédio sexual no trabalho é assunto de “altíssima gravidade” e justifica indenização à vítima

Agressor e a empresa foram condenados a pagar R$ 30 mil à vítima por danos morais Assédio sexual no trabalho justifica indenização à vítima. O Tribunal Regional do Trabalho...
Vade Mecum Jurídico

Forte emoção não justifica tentar enforcar ex-funcionário

Forte emoção não justifica agredir um ex-funcionário. Foi o que decidiu a Justiça do Trabalho ao condenar um proprietário de uma fábrica de bicicletas a indenizar em R$ 2,5 mil por danos morais um ex-funcionário agredido. O patrão bateu a cabeça do homem contra a parede e tentou enforcá-lo.
Bloqueio de dinheiro via BacenJud

Redução de gratificação não gera prejuízo ao trabalhador quando acompanhada de aumento salarial

Redução de gratificação acompanhada de aumento salarial não gera prejuízo ao trabalhador. Logo não há motivo para empregador reparar o funcionário. A decisão unânime é da 6ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST).
roberto carlos

Contrato em navio estrangeiro deve obedecer lei do país onde trabalhador foi contratado

Contrato de colaborador em navio estrangeiro deve obedecer legislação brasileira. Isso vale exceto se a norma estrangeira for mais favorável. O entendimento unânime é da 6ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST).
pessoa com câncer

Demissão de funcionário com câncer não caracteriza discriminação

Demissão de funcionário com câncer de próstata não caracteriza discriminação. Este é o entendimento da 9ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT3).
direito penal

Gerente será indenizado por receber “torta na cara” ao não atingir metas

Brincadeiras abusivas no trabalho configuram danos morais. Esse foi o entendimento da 5ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (MG) ao confirmar a condenação de uma empresa de varejo a reparações de R$ 10 mil a um gerente que submetido a brincadeiras de “torta na cara” quando não atingia metas estipuladas.
empresa

Discriminação de gênero é passível de indenização na Justiça do Trabalho

Depoimento de testemunha é parte crucial para comprovação de assédio Discriminação de gênero é passível de indenização por danos morais na Justiça do Trabalho. O entendimento é da Quarta...
empresas

Empresas têm direito a justiça gratuita se comprovarem falta de recursos

Benefício é previsto para pessoas jurídicas sem condições para pagar custas processuais Créditos: lovelyday12 | iStock Empresas têm direito a justiça gratuita se comprovarem falta...
lava jato

Beneficiária de justiça gratuita deve arcar com os honorários de sucumbência

Decisão marca mudança no entendimento da lei com a reforma trabalhista Beneficiária de justiça gratuita deve arcar com os honorários de sucumbência. A decisão marca a mudança no entendimento...
direito civil

Acordo extrajudicial deve obedecer normas do Direito Civil

Para homologar acordo é necessário comprovar o pagamento do valor combinado entre as partes Acordo extrajudicial deve obedecer normas do Direito Civil. O ato deve ocorrer sem influência...
exame de conduta

Omissão em exame de conduta culposa garante revisão de decisão

TST determinou a reabertura de ação sobre o pagamento de avarias em veículo corporativo Omissão em exame de conduta culposa garante revisão de decisão. A decisão é da Sétima...
negligência

Negligência em acidente de trabalho justifica indenização por dano moral

Construtora foi condenada por omissão de socorro e falta de treinamento para acidentes A negligência em acidente de trabalho justifica o pagamento de indenização. Isso porque a omissão...
Crime de Apropriação Indébita - Advogado

Falta não justificada em audiência gera arquivamento e condiciona nova ação a pagamento de...

Decisão é baseada em dois parágrafos adicionados à CLT a partir da reforma trabalhista Faltar à primeira audiência sem apresentar justificativa implica em arquivamento do processo sem resolução do...
Eletricista não consegue indenização por fazer testes de bafômetro em programa de segurança do trabalho

Eletricista não consegue indenização por fazer testes de bafômetro em programa de segurança do...

A CMI Brasil Serviços de Manutenção de Equipamentos Industriais Ltda. foi absolvida pela Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho de pagar indenização por danos morais a um eletricista submetido seis vezes a teste de bafômetro durante o período que prestou serviços à Vale S.A. O teste faz parte de um programa de segurança no trabalho, desenvolvido pela CMI por exigência da Vale, empresa tomadora de serviços.
10,0k Seguidores
Seguir
Pular para a barra de ferramentas